Pesquisar este blog

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Notícias até 03-04-2013 às 06:54:07

Kaká dá nega ao Flamengo - Record
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:50:55


Record

Kaká dá nega ao Flamengo
Record
O projeto do Flamengo não seduz Kaká, que informou que não está interessado em transferir-se no final da temporada para assumir a liderança da equipa e funcionar ainda como imagem do clube carioca, ao abrigo de um contrato de patrocínio com uma ...
Presidente do Fla reafirma necessidade de reforços e descarta KakáO Dia Online
Carioca: Kaká rejeita proposta do FlamengoFutebolinterior
Eduardo Bezerra de Melo descarta vinda de Kaká para o FlamengoFutNet
Globo.com -O POVO Online -Novos Jogos
todos os 9 artigos »


--------------

Contra o Remo, Flamengo estreia na Copa do Brasil e tenta reação na temporada
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:11:38

Gazeta

Em Belém, equipe de Jorginho tenta esquecer má fase no Carioca e largar bem no torneio nacional. Time do Pará busca ao menos um bom resultado para ter o jogo de volta

Vivendo um momento muito conturbado na temporada, o Flamengo busca a reação nesta quarta-feira, quando estreia na Copa do Brasil, às 22 horas (de Brasília), enfrentando o Remo, no Magueirão, em Belém (PA). O Rubro-Negro foi derrotado no domingo pelo modesto Audax, por 2 a 1, e viu as suas chances de classificação para as semifinais da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, ficarem bem reduzidas. Um novo tropeço deverá transformar a Gávea em um verdadeiro caldeirão.

Deixe seu comentário para esta partida. O Remo vai conseguir surpreender?

Jorginho, técnico do Flamengo, procurou usar um discurso de motivação para que seu grupo não se deixe abater diante do Remo. O comandante, com pouco tempo para treinos, vem atuando mais como psicólogo do que como treinador.

Leia também: Flamengo treina com chuva no Mangueirão antes de enfrentar o Remo

"Sei que perdemos alguns jogos que não estavam nos planos, como contra o Audax. Mas as derrotas não me desmotivam, apenas me entristecem. Não estamos abatidos por conta do futuro. Acreditamos que podemos mudar a realidade a começar pela partida desta quarta-feira. Confiamos no trabalho que vem sendo realizado", disse Jorginho, que está há pouco tempo à frente do elenco e por enquanto vem sendo preservado pelos torcedores.

O jogo da volta entre as duas equipes, no Rio de Janeiro, está previsto para acontecer em 17 de abril, mas só será realizado se o Flamengo não ganhar por dois ou mais gols de diferença. Porém, o momento conturbado na temporada não permite que os flamenguistas possam se dar ao luxo de planejar essa possibilidade.

"Nós sabemos que o mais importante é conseguirmos a classificação e vamos em busca de uma vitória. Nosso pensamento é marcar gols em Belém e conseguir um grande resultado", afirmou o lateral direito Leonardo Moura.

Em termos de escalação, Jorginho surpreendeu e optou pela barração do zagueiro Alex Silva, que atravessa um péssimo momento e sequer foi relacionado para viajar com a delegação. Como o chileno Marcos González também não foi selecionado, Wallace deverá ser o companheiro de Renato Santos. O restante do time deverá ser a base derrotada diante do Audax, uma vez que o treinador pretende dar sequência ao trabalho para melhorar o entrosamento da equipe. O volante paraguaio Víctor Cáceres, porém, pode ser considerado desfalque porque vai se submeter a uma cirurgia no quadril para corrigir um problema que vem gerando fortes dores na região e atrapalhando seu desempenho dentro de campo.

Pelo lado do Remo o jogo contra o Flamengo está sendo encarado como uma decisão. O time vem de um triunfo de 1 a 0 sobre o Águia e se classificou para enfrentar o Paysandu nas semifinais do segundo turno do Campeonato Paraense. Como o Papão ganhou o primeiro turno, os remistas sabem que precisam dar a resposta no Estadual e pretendem pegar embalo diante dos flamenguistas.

"Esse jogo contra o Flamengo está sendo tratado por nós como um divisor de águas importante, pois sabemos de nosso potencial e, no caso de confirmarmos um bom resultado, vamos pegar embalo para o restante da temporada. Acredito no que meu time pode render", disse o técnico Flávio Araújo.

O Remo, porém, tem problemas para esta partida. O zagueiro Mauro, o meia Thiago Galhardo e o atacante Branco ficam de fora para cumprir suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Assim, Henrique entra na zaga, Clebson ganha a vaga do meio-de-campo e Fábio Paulista e Leandro Cearense formam a dupla de ataque.

FICHA TÉCNICA
REMO-PA X FLAMENGO-RJ

Local: Estádio Olímpico do Pará, em Belém (PA)
Data: 3 de abril de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Lincoln Taques (MT) e Sandro Medeiros (MA)

REMO: Fabiano, Walber, Henrique, Zé Antônio e Berg; Geronimo, Nata, Diogo Capela e Clebson; Fábio Paulista e Leandro Cearense Técnico: Flávio Araújo

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Renato Santos, Wallace e João Paulo; Amaral, Elias, Gabriel e Rodolfo; Rafinha e Nixon Técnico: Jorginho



--------------

Atlético-MG recebe Arsenal para selar a melhor campanha da Libertadores
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:09:38

Gazeta

Vitória mantém equipe mineira com 100% de aproveitamento e pode garantir o primeiro lugar geral da fase de grupos da competição

O Atlético-MG é dono de uma campanha invejável na Libertadores, com 100% de aproveitamento no Grupo 3: quatro jogos e quatro vitórias. A equipe do técnico Cuca, porém, quer conquistar o primeiro lugar geral da competição para ter vantagens na sequência. Para que isso aconteça, o Atlético-MG precisa vencer o Arsenal-ARG nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no estádio Independência, e contar com tropeços de alguns concorrentes.

Deixe seu comentário para esta notícia

Se triunfar em cima dos argentinos, o Atlético-MG chega aos 15 pontos e só poderia perder o posto de melhor equipe da primeira fase para Vélez Sarsfield, Tijuana-MEX e Real Garcilaso-PER. Destes concorrentes, o Atlético-MG é o único que tem 100% de aproveitamento, e dificilmente perderá o primeiro lugar geral em caso de vitória nesta quarta.

Leia também: Esperando adversário retrancado, Pierre receita paciência ao Atlético

Apesar da campanha irretocável, o volante Pierre não espera facilidades contra o Arsenal, e acredita que os argentinos vão atuar retrancados. Para superar a defesa da equipe de Sarandí, o volante alvinegro receita tranquilidade e paciência para o Atlético-MG. Segundo ele, o Atlético-MG vai entrar em campo preparado para uma guerra.

?Ter tranquilidade, paciência. Sabemos jogar este tipo de jogo, principalmente em casa, onde fazemos bons jogos. Se preparar para uma guerra mesmo para continuar nesse bom ambiente, continuar nessa mesma gana e vontade. Sabemos que na Libertadores não tem adversário fácil e os jogos são difíceis. Não podemos facilitar em momento algum e temos que manter os pés no chão?, declarou.

Pierre vai retornar ao time atleticano na vaga de Josué, que não foi inscrito na primeira fase da Libertadores. Além de Pierre, o Atlético-MG terá mudança na defesa em relação ao jogo contra o Tupi. O zagueiro Leonardo Silva cumpriu suspensão no Mineiro e volta ao time no lugar de Gilberto Silva. A grande baixa é o meia-atacante Bernard, que, com lesão no ombro, será substituído por Luan.

O Arsenal chegou ao Brasil na terça-feira, e o técnico Gustavo Alfaro já tem a equipe praticamente definida. Serão duas mudanças em relação ao time que atuou contra o Belgrano, na última sexta-feira, pelo Campeonato Argentino. Pérez vai ocupar o lugar de Kruspzky na lateral-esquerda e Rolle vai entrar no lugar de Céliz.

Os argentinos ocupam o terceiro lugar, com 4 pontos, mesma pontuação do São Paulo, que leva vantagem no saldo de gols. A equipe de Sarandí ainda luta para conseguir classificação para as oitavas de final, mas para isso, seria importante um resultado positivo ou mesmo um empate contra o Atlético-MG.

A imprensa argentina tratou com muita euforia o fato do meia-atacante Bernard estar fora do jogo desta quarta. Na partida de ida, o Atlético-MG aplicou uma goleada por 5 a 2, com três gols de Bernard. Mesmo sem Bernard, o diário Olé destaca que a principal peça do Atlético-MG a ser marcada com atenção é Ronaldinho Gaúcho.

FICHA TÉCNICA - ATLÉTICO-MG x ARSENAL-ARG

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 3 de abril de 2013 (quarta-feira)
Horário: 22h (horário de Brasília)
Árbitro: Enrique Caceres (PAR)
Assistentes: Dário Gaona (PAR) e Hugo Martinez (PAR)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Tardelli e Ronaldinho; Luan e Jô Técnico: Cuca

ARSENAL-ARG: Campestrini; Nervo, Lisandro López, Braghieri e Pérez; Carbonero, Ortiz, Ivan Marcone e Nicolás Aguirre; Martín Rolle e Júlio Forch Técnico: Gustavo Alfaro



--------------

Atlético-PR "estreia" na temporada contra Brasil de Pelotas pela Copa do Brasil
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:05:38

Gazeta

Time principal não joga o Estadual e início do ano para maioria dos titulares será nesta quarta

Após chegar ao fim uma das pré-temporadas mais longas da história do futebol, o time principal do Atlético Paranaense fará sua estreia oficial na temporada, nesta quarta-feira, pela primeira fase da Copa do Brasil, quando encarar o Brasil de Pelotas, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Bento Freitas. Alguns maus resultados em partidas amistosas fazem crescer ainda mais a expectativa do torcedor para ver o Furacão 2013 deslanchar.

Deixe seu comentário para esta notícia

O técnico Ricardo Drubscky não terá à disposição o lateral Pedro Botelho, que cumpre suspensão pela expulsão na última rodada da Série B, e o zagueiro Cléberson, que se recupera de lesão. Em compensação, Paulo Baier e Marcelo, que tiveram problemas durante a pré-temporada, estarão à disposição. A única dúvida está na zaga, entre o experiente Luiz Alberto e o jovem Bruno Costa, que se destacou na equipe sub-23 que disputa o Estadual.

Leia também: Ainda sem favoritos, Copa do Brasil começa com pouco espaço para zebras

Mesmo com o time sem o ritmo ideal de competição, o meia Elias prevê muita vontade em campo e uma equipe pronta para entrar no espírito da Copa do Brasil. "Está um clima bom e de expectativa para todos nós, para a comissão técnica e torcida. Todo mundo está preparado e querendo vencer na estreia. É uma competição de mata-mata e tem que ter atenção o tempo todo. Os gols fora de casa valem dois gols e por isso temos que saber jogar a competição", afirmou ao site oficial do Rubro-Negro.

Clube tradicional do Rio Grande do Sul, o Brasil atualmente disputa a Série A2 do Gauchão, tentando voltar a viver seis melhorias dias. O time contratou alguns reforços, mas nem todos ainda terão condições de estar em campo, como o meia Cleiton. No ataque, a principal esperança do técnico Rogerio Zimmerman é Brasão. Porém, mesmo jogando em casa, as atenções deverão estar voltadas para o setor defensivo, que precisa tomar poucos gols para levar as esperanças à segunda partida, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA - BRASIL DE PELOTAS x ATLÉTICO (PR)

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS)
Data: 03 de abril de 2013, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Ângelo Rudimar Bechi e Jose Roberto Larroyd (ambos de SC)

BRASIL: Luiz Muller; Ricardo Schneider, Cirilo, Fernando Cardozo e Edu Silva; Leandro Leite, Washington, Wender e Canhoto; Alex Amado e Brasão Técnico: Rogério Zimmermann

ATLÉTICO-PR: Wéverton; Jonas, Manoel, Bruno Costa (Luiz Alberto) e Léo; Deivid, João Paulo, Elias e Felipe; Marcelo e Marcão. Técnico: Ricardo Drubscky



--------------

Ceará visita Ceilândia em Brasília pela Copa do Brasil e tenta eliminar 2º jogo
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:03:38

Gazeta

Ceilândia e Ceará se enfrentam nesta quarta-feira, às 16h, no Estádio Abadião, em Brasília, pela primeira rodada da Copa do

Ceilândia e Ceará se enfrentam nesta quarta-feira, às 16h, no Estádio Abadião, em Brasília, pela primeira rodada da Copa do Brasil. O Alvinegro cearense viajou otimista para a capital federal e o técnico Leandro Campos acredita que a sua equipe tem condições de alcançar a classificação para a segunda fase da competição, sem necessidade de um segundo jogo. Luciano Oliveira dos Santos, de Tocantins, será o árbitro da partida.

Leia também: Ainda sem favoritos, Copa do Brasil começa com pouco espaço para zebras

O time vem de empate diante do Horizonte, pelo campeonato cearense, resultado que não reduziu a confiança do treinador. Ele depende apenas da liberação do zagueiro Rafael Vaz para definir a equipe.O jogador foi poupado na última rodada do certame regional,mas é considerado titular absoluto pelo treinador.

O Ceilândia é formado por jogadores experientes como os atacantes Dimba e Rosebrink e o grupo acredita que isso vai dar segurança à equipe para encarar o Ceará. O técnico Adelson está com problemas para escalar a equipe. O zagueiro Renato se lesionou na derrota para o Gama, pelo Campeonato Brasiliense, e virou dúvida.



--------------

Ainda sem favoritos, Copa do Brasil começa com pouco espaço para zebras
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:03:38

iG São Paulo

Times da Libertadores (exceto São Paulo) entram nas oitavas e aumentam a competitividade do torneio que, neste ano, vai até o final da temporada

Assis, irmão de Ronaldinho Gaúcho, tenta  finalização na final da primeira Copa do Brasil,  diante do Sport, em 1989

Assis, irmão de Ronaldinho Gaúcho, tenta finalização na final da primeira Copa do Brasil, diante do Sport, em 1989

Foto: Gazeta Press

O Flamengo faturou a segunda edição da Copa  do Brasil, em 1990, em um time com craques como  Júnior, Renato Gaúcho e Zinho

O Flamengo faturou a segunda edição da Copa do Brasil, em 1990, em um time com craques como Júnior, Renato Gaúcho e Zinho

Foto: Reprodução

Então um treinador desconhecido, o técnico  Luiz Felipe Scolari despontou no futebol  brasileiro ao levar o Criciúma ao título, em 1991

Então um treinador desconhecido, o técnico Luiz Felipe Scolari despontou no futebol brasileiro ao levar o Criciúma ao título, em 1991

Foto: Gazeta Press

O internacional venceu sua única Copa do  Brasil em 1992, derrotando o Fluminense na final

O internacional venceu sua única Copa do Brasil em 1992, derrotando o Fluminense na final

Foto: Gazeta Press

Com Éder Aleixo, antigo ídolo do rival  Atlético-MG, o Cruzeiro conquistou o título da  Copa do Brasil de 1993

Com Éder Aleixo, antigo ídolo do rival Atlético-MG, o Cruzeiro conquistou o título da Copa do Brasil de 1993

Foto: Reprodução

Em 1994, Felipão comandava o Grêmio e levou o  clube a conquistar a Copa do Brasil, superando o  surpreendente Ceará na final

Em 1994, Felipão comandava o Grêmio e levou o clube a conquistar a Copa do Brasil, superando o surpreendente Ceará na final

Foto: Gazeta Press

De forma invicta e derrotando o experiente  time do Grêmio em pleno Estádio Olímpico, o  Corinthians foi campeão em 1995

De forma invicta e derrotando o experiente time do Grêmio em pleno Estádio Olímpico, o Corinthians foi campeão em 1995

Foto: Gazeta Press

O lateral Júnior, do Palmeiras, tenta superar  a marcação de Cleisson e Vitor, do Cruzeiro, na  final de 1996. Os mineiros levaram o título

O lateral Júnior, do Palmeiras, tenta superar a marcação de Cleisson e Vitor, do Cruzeiro, na final de 1996. Os mineiros levaram o título

Foto: Gazeta Press

Em 97, o Grêmio faturou sua terceira Copa do  Brasil, de forma invicta, superando o Flamengo na  decisão

Em 97, o Grêmio faturou sua terceira Copa do Brasil, de forma invicta, superando o Flamengo na decisão

Foto: Reprodução

Luiz Felipe Scolari ganhou mais uma Copa do  Brasil em 1998, desta vez comandando o Palmeiras,  que bateu o Cruzeiro na final

Luiz Felipe Scolari ganhou mais uma Copa do Brasil em 1998, desta vez comandando o Palmeiras, que bateu o Cruzeiro na final

Foto: Gazeta Press

Uma das grandes zebras da história da Copa do  Brasil ocorreu em 1999, quando o Juventude superou  o Botafogo em pleno Maracanã e levou o título

Uma das grandes zebras da história da Copa do Brasil ocorreu em 1999, quando o Juventude superou o Botafogo em pleno Maracanã e levou o título

Foto: Reprodução

Com um gol no último minuto, o Cruzeiro  venceu o São Paulo por 2 a 1 no Mineirão e  conquistou a Copa do Brasil de 2000

Com um gol no último minuto, o Cruzeiro venceu o São Paulo por 2 a 1 no Mineirão e conquistou a Copa do Brasil de 2000

Foto: Reprodução

Luiz Mário, do Grêmio, disputa a bola com  Gil, do Corinthians, na final da Copa do Brasil de  2001. Em pleno Morumbi, o time gaúcho venceu por 3  a 1 e foi campeão

Luiz Mário, do Grêmio, disputa a bola com Gil, do Corinthians, na final da Copa do Brasil de 2001. Em pleno Morumbi, o time gaúcho venceu por 3 a 1 e foi campeão

Foto: Gazeta Press

Em 2002, o Corinthians conquistou sua segunda  Copa do Brasil, em 2002, superando a zebra  Brasiliense na decisão

Em 2002, o Corinthians conquistou sua segunda Copa do Brasil, em 2002, superando a zebra Brasiliense na decisão

Foto: Gazeta Press

Com um timaço, comandado em campo pelo meia  Alex, o Cruzeiro faturou a Copa do Brasil de 2003,  batendo o Flamengo na final

Com um timaço, comandado em campo pelo meia Alex, o Cruzeiro faturou a Copa do Brasil de 2003, batendo o Flamengo na final

Foto: Reprodução

Romerito comemora seu gol na 1ª partida da  final de 2004, contra o Flamengo, que terminou 2 a  2. No jogo de volta, os paulistas venceram por 2 a  0

Romerito comemora seu gol na 1ª partida da final de 2004, contra o Flamengo, que terminou 2 a 2. No jogo de volta, os paulistas venceram por 2 a 0

Foto: Gazeta Press

Outra grande zebra da história da Copa do  Brasil foi a vitória do Paulista sobre o  Fluminense, na final de 2005

Outra grande zebra da história da Copa do Brasil foi a vitória do Paulista sobre o Fluminense, na final de 2005

Foto: Gazeta Press

Em uma final carioca, diante do Vasco, o  Flamengo, de Renato Abreu, Leonardo Moura e Diogo,  venceu a Copa do Brasil de 2006

Em uma final carioca, diante do Vasco, o Flamengo, de Renato Abreu, Leonardo Moura e Diogo, venceu a Copa do Brasil de 2006

Foto: Reprodução

O Fluminense finalmente comemorou seu  primeiro título na competição, em 2007, ao vencer  o Figueirense na decisão

O Fluminense finalmente comemorou seu primeiro título na competição, em 2007, ao vencer o Figueirense na decisão

Foto: Gazeta Press

Com um aproveitamento perfeito em casa, o  Sport superou o Corinthians em 2008 e levou o  título

Com um aproveitamento perfeito em casa, o Sport superou o Corinthians em 2008 e levou o título

Foto: Gazeta Press

Ronaldo foi o grande nome da conquista do  Corinthians na Copa do Brasil de 2009, diante do  Inter

Ronaldo foi o grande nome da conquista do Corinthians na Copa do Brasil de 2009, diante do Inter

Foto: Gazeta Press

Robinho comandou a conquista do Santos na  Copa dop Brasil de 2010, diante do Vitória

Robinho comandou a conquista do Santos na Copa dop Brasil de 2010, diante do Vitória

Foto: Gazeta Press

Eder Luís, do Vasco, corre para comemorar seu  gol, no jogo de volta da final diante do Coritiba,  em 2011. Mesmo com a derrota por 3 a 2, o Vasco  foi campeão

Eder Luís, do Vasco, corre para comemorar seu gol, no jogo de volta da final diante do Coritiba, em 2011. Mesmo com a derrota por 3 a 2, o Vasco foi campeão

Foto: Gazeta Press

Marcos Assunção corre para festejar seu gol  no empate do Palmeiras diante do Coritiba e que  valeu o título da Copa do Brasil de 2012

Marcos Assunção corre para festejar seu gol no empate do Palmeiras diante do Coritiba e que valeu o título da Copa do Brasil de 2012

Foto: Gazeta Press

Começa nesta quarta-feira a 25ª edição da Copa do Brasil, que desde 2003, com a introdução dos pontos corridos no Brasileirão, é o maior torneio mata-mata do país. Neste ano a novidade será a presença das equipes que disputam a Libertadores deste ano a partir das oitavas de final do torneio, em agosto. Diferente das últimas edições, a competição se estenderá até novembro, e não mais até julho.

Deixe sua opinião sobre a Copa do Brasil. Quem é o favorito ao título desse ano?

Apenas o São Paulo, que precisará defender o título da Sul-Americana no segundo semestre, não jogará o torneio por falta de datas. O Vasco, o melhor colocado do Brasileirão 2012 entre os times que não alcançaram a Libertadores, ocupará a vaga do São Paulo e entrará no torneio com Atlético-MG, Corinthians, Fluminense, Grêmio e Palmeiras (atual campeão), que estão na Libertadores. Desde 2001 os times que jogam o torneio continental não entram na Copa do Brasil. São 86 equipes no total, já incluídas as que entram nas oitavas de final. 

A presença de todos os principais elencos do país no torneio diminui as chances de uma surpresa nas fases finais. Desde os títulos de Santo André e Paulista nas edições de 2004 e 2005, equipes de divisões inferiores do Brasileirão não conquistam a Copa do Brasil na mesma temporada em que estão fora da elite. Flamengo, Fluminense, Sport, Corinthians, Santos, Vasco e Palmeiras foram os campeões desde 2006.

A primeira e a segunda fases continuam com a regra que estabelece que o time visitante que vencer por dois ou mais gols de diferença elimina a partida de volta. A primeira fase eliminará 40 times, a segunda outros 20 e a terceira mais 10. Estes 10 vão para sorteio com os seis times já classificados para as oitavas de final e estará desenhada as oitavas de final com 16 times. A grande final da competição está marcada para os dias 20 e 27 de novembro. 

As equipes que mais venceram a competição foram o Grêmio e o Cruzeiro. Cada uma conquistou quatro vezes o título. Já o Estado que mais venceu a competição foi São Paulo, com oito conquistas: Corinthians (3), Palmeiras (2), Santos (1), Paulista e Santo André (1).

Os 13 jogos que abrem a primeira fase da Copa do Brasil 2013 nesta quarta-feira:

Remo x Flamengo (22h, em Belém)
Ceilândia x Ceará (16h, em Ceilândia)
Rio Branco x Internacional (22h, em Rio Branco)
Guarani de Juazeiro x Santa Cruz (20h30, em Juazeiro)
Veranópolis x Santo André (20h30, em Veranópolis)
Vitória da Conquista x Sport  (22h, em Vitória da Conquista)
Noroeste x Criciúma (20h30, em Bauru)
Nacional x Águia de Marabá (21h30, em Manaus)
Resende x Caxias (16h, em Resende)
Cianorte x Grêmio Barueri (20h30, em Cianorte)
Brasil x Atlético-PR (19h30, em Pelotas)
Naviraiense x Portuguesa (22h, em Naviraí)
Bangu x Betim (16h, em Moça Bonita)



--------------

Campeão em 1991, Criciúma estreia na Copa do Brasil contra rebaixado Noroeste
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:03:38

Gazeta

Time de Bauru caiu para a 3ª divisão paulista e recebe recém promovido à elite do Brasileiro

Em boa fase no Campeonato Catarinense, o Criciúma inicia sua trajetória na Copa do Brasil nesta quarta-feira, às 20h30 (de Brasília), contra o Noroeste, no estádio Alfredo de Castilho, em Bauru.

Deixe seu comentário para esta notícia

Vice-líder do Estadual, o Criciúma quer levar o bom momento para o torneio de mata-mata, em busca de seu segundo título na competição (foi campeão em 1991, sob o comando do técnico Luiz Felipe Scolari).

"Nossa equipe vem em uma crescente e estamos cada dia mais motivados. Nossa confiança será muito maior para a sequência no Catarinense e para a Copa do Brasil. Por ser a primeira vez que participo, espero que seja uma boa oportunidade de colocar o Criciúma lá em cima", afirmou o zagueiro Matheus Ferraz.

Leia também: Ainda sem favoritos, Copa do Brasil começa com pouco espaço para zebras

Já o Noroeste atravessa um momento bastante complicado, pois dependia apenas das próprias forças para permanecer na Série A2 do Campeonato Paulista, mas perdeu em casa no domingo, para o Capivariano, e foi rebaixado para a A3.

A queda de divisão só não provocou ainda uma reformulação na equipe de Bauru justamente por conta do jogo contra o Criciúma. Se der adeus precoce ao torneio, o clube do interior paulista deve passar por várias mudanças.



--------------

Zagueiro do Tigre leva bronca, mas gera interesse em Gilson Kleina
Fonte: Gazeta Esportiva
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:03:20

Nessa terça-feira, Gilson Kleina procurou Lucas Orbán no fim do jogo para uma conversa particular por dois motivos. Primeiro, deu uma bronca no zagueiro do Tigre por ter tentando acertar uma cotovelada em Ronny. Depois, pediu detalhes do jogador, que despertou seu interesse após as duas partidas contra o Palmeiras.

--------------

Reforçada, Copa do Brasil começa como torneio mais valioso das Américas
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:01:38

iG São Paulo

Presença de times que jogam a Libertadores faz da competição a mais valiosa do continente

Assis, irmão de Ronaldinho Gaúcho, tenta  finalização na final da primeira Copa do Brasil,  diante do Sport, em 1989

Assis, irmão de Ronaldinho Gaúcho, tenta finalização na final da primeira Copa do Brasil, diante do Sport, em 1989

Foto: Gazeta Press

O Flamengo faturou a segunda edição da Copa  do Brasil, em 1990, em um time com craques como  Júnior, Renato Gaúcho e Zinho

O Flamengo faturou a segunda edição da Copa do Brasil, em 1990, em um time com craques como Júnior, Renato Gaúcho e Zinho

Foto: Reprodução

Então um treinador desconhecido, o técnico  Luiz Felipe Scolari despontou no futebol  brasileiro ao levar o Criciúma ao título, em 1991

Então um treinador desconhecido, o técnico Luiz Felipe Scolari despontou no futebol brasileiro ao levar o Criciúma ao título, em 1991

Foto: Gazeta Press

O internacional venceu sua única Copa do  Brasil em 1992, derrotando o Fluminense na final

O internacional venceu sua única Copa do Brasil em 1992, derrotando o Fluminense na final

Foto: Gazeta Press

Com Éder Aleixo, antigo ídolo do rival  Atlético-MG, o Cruzeiro conquistou o título da  Copa do Brasil de 1993

Com Éder Aleixo, antigo ídolo do rival Atlético-MG, o Cruzeiro conquistou o título da Copa do Brasil de 1993

Foto: Reprodução

Em 1994, Felipão comandava o Grêmio e levou o  clube a conquistar a Copa do Brasil, superando o  surpreendente Ceará na final

Em 1994, Felipão comandava o Grêmio e levou o clube a conquistar a Copa do Brasil, superando o surpreendente Ceará na final

Foto: Gazeta Press

De forma invicta e derrotando o experiente  time do Grêmio em pleno Estádio Olímpico, o  Corinthians foi campeão em 1995

De forma invicta e derrotando o experiente time do Grêmio em pleno Estádio Olímpico, o Corinthians foi campeão em 1995

Foto: Gazeta Press

O lateral Júnior, do Palmeiras, tenta superar  a marcação de Cleisson e Vitor, do Cruzeiro, na  final de 1996. Os mineiros levaram o título

O lateral Júnior, do Palmeiras, tenta superar a marcação de Cleisson e Vitor, do Cruzeiro, na final de 1996. Os mineiros levaram o título

Foto: Gazeta Press

Em 97, o Grêmio faturou sua terceira Copa do  Brasil, de forma invicta, superando o Flamengo na  decisão

Em 97, o Grêmio faturou sua terceira Copa do Brasil, de forma invicta, superando o Flamengo na decisão

Foto: Reprodução

Luiz Felipe Scolari ganhou mais uma Copa do  Brasil em 1998, desta vez comandando o Palmeiras,  que bateu o Cruzeiro na final

Luiz Felipe Scolari ganhou mais uma Copa do Brasil em 1998, desta vez comandando o Palmeiras, que bateu o Cruzeiro na final

Foto: Gazeta Press

Uma das grandes zebras da história da Copa do  Brasil ocorreu em 1999, quando o Juventude superou  o Botafogo em pleno Maracanã e levou o título

Uma das grandes zebras da história da Copa do Brasil ocorreu em 1999, quando o Juventude superou o Botafogo em pleno Maracanã e levou o título

Foto: Reprodução

Com um gol no último minuto, o Cruzeiro  venceu o São Paulo por 2 a 1 no Mineirão e  conquistou a Copa do Brasil de 2000

Com um gol no último minuto, o Cruzeiro venceu o São Paulo por 2 a 1 no Mineirão e conquistou a Copa do Brasil de 2000

Foto: Reprodução

Luiz Mário, do Grêmio, disputa a bola com  Gil, do Corinthians, na final da Copa do Brasil de  2001. Em pleno Morumbi, o time gaúcho venceu por 3  a 1 e foi campeão

Luiz Mário, do Grêmio, disputa a bola com Gil, do Corinthians, na final da Copa do Brasil de 2001. Em pleno Morumbi, o time gaúcho venceu por 3 a 1 e foi campeão

Foto: Gazeta Press

Em 2002, o Corinthians conquistou sua segunda  Copa do Brasil, em 2002, superando a zebra  Brasiliense na decisão

Em 2002, o Corinthians conquistou sua segunda Copa do Brasil, em 2002, superando a zebra Brasiliense na decisão

Foto: Gazeta Press

Com um timaço, comandado em campo pelo meia  Alex, o Cruzeiro faturou a Copa do Brasil de 2003,  batendo o Flamengo na final

Com um timaço, comandado em campo pelo meia Alex, o Cruzeiro faturou a Copa do Brasil de 2003, batendo o Flamengo na final

Foto: Reprodução

Romerito comemora seu gol na 1ª partida da  final de 2004, contra o Flamengo, que terminou 2 a  2. No jogo de volta, os paulistas venceram por 2 a  0

Romerito comemora seu gol na 1ª partida da final de 2004, contra o Flamengo, que terminou 2 a 2. No jogo de volta, os paulistas venceram por 2 a 0

Foto: Gazeta Press

Outra grande zebra da história da Copa do  Brasil foi a vitória do Paulista sobre o  Fluminense, na final de 2005

Outra grande zebra da história da Copa do Brasil foi a vitória do Paulista sobre o Fluminense, na final de 2005

Foto: Gazeta Press

Em uma final carioca, diante do Vasco, o  Flamengo, de Renato Abreu, Leonardo Moura e Diogo,  venceu a Copa do Brasil de 2006

Em uma final carioca, diante do Vasco, o Flamengo, de Renato Abreu, Leonardo Moura e Diogo, venceu a Copa do Brasil de 2006

Foto: Reprodução

O Fluminense finalmente comemorou seu  primeiro título na competição, em 2007, ao vencer  o Figueirense na decisão

O Fluminense finalmente comemorou seu primeiro título na competição, em 2007, ao vencer o Figueirense na decisão

Foto: Gazeta Press

Com um aproveitamento perfeito em casa, o  Sport superou o Corinthians em 2008 e levou o  título

Com um aproveitamento perfeito em casa, o Sport superou o Corinthians em 2008 e levou o título

Foto: Gazeta Press

Ronaldo foi o grande nome da conquista do  Corinthians na Copa do Brasil de 2009, diante do  Inter

Ronaldo foi o grande nome da conquista do Corinthians na Copa do Brasil de 2009, diante do Inter

Foto: Gazeta Press

Robinho comandou a conquista do Santos na  Copa dop Brasil de 2010, diante do Vitória

Robinho comandou a conquista do Santos na Copa dop Brasil de 2010, diante do Vitória

Foto: Gazeta Press

Eder Luís, do Vasco, corre para comemorar seu  gol, no jogo de volta da final diante do Coritiba,  em 2011. Mesmo com a derrota por 3 a 2, o Vasco  foi campeão

Eder Luís, do Vasco, corre para comemorar seu gol, no jogo de volta da final diante do Coritiba, em 2011. Mesmo com a derrota por 3 a 2, o Vasco foi campeão

Foto: Gazeta Press

Marcos Assunção corre para festejar seu gol  no empate do Palmeiras diante do Coritiba e que  valeu o título da Copa do Brasil de 2012

Marcos Assunção corre para festejar seu gol no empate do Palmeiras diante do Coritiba e que valeu o título da Copa do Brasil de 2012

Foto: Gazeta Press

A ampliação do número de equipes e a entrada dos times que jogam a Libertadores transformou a Copa do Brasil na competição de maior valor de mercado das Américas, considerando o valor dos elencos dos clubes participantes. É o que aponta estudo da Pluri Consultoria. O torneio começa nesta quarta-feira

Leia também: Ainda sem favoritos, Copa do Brasil começa com pouco espaço para zebras

Os 87 clubes participantes da Copa do Brasil (incluindo o Atlético Acreano, que disputou a fase preliminar) possuem elencos com valor de mercado somado de ? 1,27 bilhão, ou R$ 3,29 bilhões, o maior entre todas as competições da qual participam os clubes brasileiros.

Este valor coloca a Copa do Brasil na 13ª posição entre as competições de clubes mais valiosas do mundo, atrás do Campeonato Francês e logo à frente da Copa da Rússia. Entre as competições na América do Sul, a Copa do Brasil ocupava a quarta posição em 2012, atrás da Copa Libertadores, do Brasileirão e da Copa Sul-Americana.

Com presença das equipes disputam a Libertadores deste ano, mas recheada de equipes de menor expressão nacional, a Copa do Brasil ocupa apenas a sexta posição, com valor médio de ? 38 milhões, ou R$ 98,5 milhões, atrás do Brasileirão Série A (? 133 milhões), Libertadores (? 84 milhões), Paulistão (? 61 milhões), Carioca (?47 milhões) e Sulamericana (? 44 milhões).




--------------

Corinthians encara Millonarios em Bogotá para dar passo decisivo na Libertadores
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:01:38

Gazeta

Vitória praticamente garante classificação para as oitavas. Altitude pode ser empecilho

O Corinthians espera cumprir nesta quarta-feira ao menos um dos seguintes objetivos: assegurar matematicamente a classificação às oitavas de final da Copa Libertadores e tomar a liderança do Grupo 5 do mexicano Tijuana. Para isso, é preciso vencer o Millonarios, em Bogotá, a partir das 22h (de Brasília).

Deixe seu comentário para este jogo. O Corinthians vai ganhar na Colômbia?

O Corinthians está com sete pontos. Assumirá a primeira posição da chave se chegar aos dez e contar com um tropeço do Tijuana, que soma nove e visita o San José também nesta quarta. O confronto está marcado para as 19h45 (de Brasília), em Oruro.

Leia também: Tite e Corinthians voltam à Colômbia com trauma do Tolima já superado

Por outro lado, uma vitória dos mexicanos ajudará o Alvinegro a se garantir na próxima fase com uma rodada de antecedência, pois ? desde que o atual campeão ao menos empate na Colômbia ? eliminará o San José, atualmente com quatro pontos. No cenário ideal para os comandados de Tite, eles vencem em Bogotá e, com um empate na Bolívia, classificam-se matematicamente e ainda assumem a ponta pelo saldo de gols.

Tite conversa com elenco no último treino  antes da partida contra o Millonarios

Tite conversa com elenco no último treino antes da partida contra o Millonarios

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Jogadores do Corinthians fazem treino de  posicionamento defensivo em bola parada

Jogadores do Corinthians fazem treino de posicionamento defensivo em bola parada

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Pato será o substituto de Guerrero no time  titular desta quarta-feira

Pato será o substituto de Guerrero no time titular desta quarta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Cássio e Danilo disputam lance em treino em  Bogotá

Cássio e Danilo disputam lance em treino em Bogotá

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Tite e Mauro, olheiro do Corinthians, no  campo de treino fora do estádio "El  Campín"

Tite e Mauro, olheiro do Corinthians, no campo de treino fora do estádio "El Campín"

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Paulinho e Ralf serão titulares nesta quarta

Paulinho e Ralf serão titulares nesta quarta

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Jogadores posam para foto após o rachão da  terça-feira

Jogadores posam para foto após o rachão da terça-feira

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Jogadores do Corinthians fazem reconhecimento  do "El Campin", palco do jogo contra o  Millonarios

Jogadores do Corinthians fazem reconhecimento do "El Campin", palco do jogo contra o Millonarios

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Reconhecimento do "El Campín" em  Bogotá

Reconhecimento do "El Campín" em Bogotá

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Funcionário do estádio retoca as marcas do  campo em Bogotá

Funcionário do estádio retoca as marcas do campo em Bogotá

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Pato e Bruno Mazziotti no estádio "El  Campín"

Pato e Bruno Mazziotti no estádio "El Campín"

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Antes de fazer contas, no entanto, é preciso derrubar o Millonarios. O time colombiano mostrou fragilidade no Pacaembu, onde perdeu por 2 a 0, mas promete causar maiores dificuldades no estádio El Campín, em uma altitude superior a 2.600 metros.

?Depois de Oruro, nada assusta?, comentou o zagueiro Paulo André, lembrando que a cidade onde o Corinthians empatou com o San José fica mais de 3.700 metros acima do nível do mar. Ele e seus companheiros, no entanto, fizeram questão de prever um confronto difícil com os colombianos.

Para dar esse passo decisivo na Libertadores, o Corinthians conta com Alexandre Pato como centroavante, pois Guerrero foi vetado e não viajou. Com Renato Augusto ainda fora por mais de um mês, Romarinho também ganhou o seu espaço e está escalado.

FICHA TÉCNICA - MILLONARIOS x CORINTHIANS

Local: estádio El Campín, em Bogotá (COL)
Data: 3 de abril de 2013 (quarta-feira)
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Saul Laverni (ARG)
Assistentes: Hernan Maidana (ARG) e Juan P. Belatti (ARG)

MILLONARIOS: Luis Delgado; Lewis Ochoa, Román Torres, Pedro Camilo Franco e Luis Mosquera; Elkin Blanco, Rafael Robayo, Mayer Candelo e José Otálvaro; Wason Rentería e Freddy Montero Técnico: Hernán Torres

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Romarinho, Danilo e Emerson; Alexandre Pato Técnico: Tite



--------------

Málaga e Borussia começam a disputa por uma vaga nas semis da Liga
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:00:38

Gazeta

Espanhóis querem manter estilo de jogo que levou equipe até as quartas de final, enquanto alemães sofrem com possíveis desfalques

Se depender do retrospecto, o Borussia Dortmund entra na briga por uma vaga na semifinal da Liga dos Campeões, contra o Málaga, como favorito. Na única vez em que chegaram às quartas de final da competição, na temporada 1996-97, os alemães conquistaram o título mais cobiçado da Europa. O primeiro jogo desta disputa será nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), na Espanha.

Real Madrid busca impor tradição contra Galatasaray cheio de estrelas

Pelo lado do Borussia, o treinador Jürgen Klopp tem três dúvidas para escalar o time que vai a campo. O goleiro Weidenfeller, o lateral esquerdo Schmelzer e o meia e capitão da equipe, Jakub Blaszczykowski, são dúvidas para o jogo.

"Eu estou bem, mas eu não sei como meu nariz vai reagir a eventuais choques. Só posso dizer alguma coisa depois do último treinamento", disse Schmelzer, que está com o nariz quebrado. O jogador não perdeu sequer um minuto dos jogos do Borussia na atual edição da Champions.

Como medida de precaução, a comissão técnica decidiu levar para Málaga o terceiro goleiro da equipe, Zlatan Alomerovic. Gripado, o titular Weidenfeller pode dar lugar a Mitch Langerak.

Para o diretor esportivo do Borussia, Michael Zorc, a missão de chegar à semifinal da Liga dos Campeões está longe de ser fácil. Jogando em casa, o Málaga ainda não perdeu. Em quatro jogos, foram três vitórias e um empate.?Todo mundo espera que a gente passe. Aí mora o perigo. Não vai ser fácil, porque os jogadores do Málaga querem usar a Champions League para mostrar seu talento?, disse o dirigente, referindo-se aos problemas financeiros que a equipe espanhola enfrenta.

O Málaga, dos brasileiros Weliton, Lucas Piazon e Julio Baptista, prega a manutenção do estilo de jogo adotado até aqui para superar o Borussia. O chileno Manuel Pellegrini, treinador dos espanhóis, diz que não vai mudar a postura tática da sua equipe.

?É importante que a gente jogue uma partida bem equilibrada. Nós não vamos mudar nosso estilo de jogo nas quartas de final. Nós estamos focados em impor nosso jogo, em impedir ao máximo que o Borussia crie chances?, declarou Pellegrini.

A chegada do Málaga às quartas de final da Liga dos Campeões logo na primeira participação da equipe na competição continental já é considerada um grande feito pelos jogadores. O brasileiro Weligton, zagueiro e capitão do time da Andaluzia, diz estar ?vivendo um sonho?.

?Para todos os torcedores do mundo, para a cidade e os nossos torcedores, nós estamos realmente vivendo um sonho. Mesmo tendo jogadores excepcionais e um treinador com muita experiência nesta competição, nós estamos fazendo com que esse sonho continue sendo uma realidade?, disse Weligton.



--------------

Real Madrid busca impor tradição contra Galatasaray cheio de estrelas
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:00:38

Gazeta

Em casa, espanhóis recebem rivais da Turquia no jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões

Pelas quartas de final da Liga dos Campeões, o Real Madrid, nove vezes campeão da Liga dos Campeões, recebe o Galatasaray, que tem como melhor campanha a da temporada 1988/89, quando alcançou as semifinais. A partida está marcada para as 15h45 (de Brasília).

No Grupo D, o chamado grupo da morte da atual edição, que contava com Ajax, Manchester City e Borussia Dortmund, o Real Madrid não passou sustos, mas se classificou apenas em segundo lugar, atrás do Borussia Dortmund, perdendo o direito de decidir em casa os duelos da fase final.

Nas oitavas, uma surpresa no sorteio e dois dos favoritos ao título se enfrentaram, prematuramente para a maioria dos críticos. Os merengues levaram a melhor sobre o Manchester United após empatarem em casa em 1 a 1 e vencerem fora por 2 a 1, com gol decisivo de Cristiano Ronaldo.

O técnico da equipe, José Mourinho, descarta qualquer favoritismo dos espanhóis e exalta o grande elenco montado pelos rivais turcos para a fase final da Liga dos Campeões, com as grandes contratações de Sneijder e Drogba.

?Nesta fase não existem favoritos. São oito equipes que já têm uma trajetória na competição, que já venceram uma eliminatória. O Galatasaray tem um treinador experiente e jogadores que já estiveram nos melhores times do mundo. Estão preparados para esta fase?, afirmou.

O confronto marca também o duelo de dois artilheiros da Liga dos Campeões: Cristiano Ronaldo e Burak Yilmaz, que já marcaram oito gols cada na competição e dividem a artilharia com Messi. O português faz questão de manter a confiança, mas elogia o artilheiro turco.

?É um jogador que está muito bem na Liga dos Campeões. Marcar oito vezes nessa competição é algo muito difícil. Temos que estar concentrados como sempre. Jogamos bem no Camp Nou, contra o Barcelona e aqui no Bernabéu diante do Manchester. As coisas estão indo muito bem para o nosso time, estamos com mais confiança, a equipe está melhor e estamos numa sequência boa de partidas. Queremos seguir assim até o fim da temporada?, analisou o gajo.

Do lado do Galatasaray, a aposta está não só em Yilmaz, que balançou as redes 18 vezes em 23 partidas em 2013, mas também nos experientes Sneijder e Drogba, as grandes contratações do time para esta fase da competição.A torcida apaixonada também é um fator que pode desequilibrar para o time de Felipe Melo. Segundo informações da imprensa espanhola, cerca de dez mil torcedores do Galatasaray estarão presentes no Santiago Bernabéu. Contra o Schalke 04, no jogo que determinou a classificação do time, foram cinco mil.

O trajeto da equipe até às quartas foi mais sofrido que o do rival. No Grupo H, ao lado de Manchester United, Cluj e Braga, os turcos só avançaram no critério do confronto direto, empatados em pontuação com o Cluj na segunda colocação.

Nas oitavas de final, depois de empatar em casa contra o Schalke, o Galatasaray mostrou força e soube usar o apoio dos fãs na Alemanha para vencer por 3 a 2 fora de casa e garantir uma vaga entre os oito melhores.

O presidente do clube, Unal Aysal ofereceu uma premiação de 25 mil euros (aproximadamente R$ 65 mil) para cada jogador, caso o time passe à próxima fase. A Uefa pode pagar ao todo 10 milhões de euros (cerca de R$ 26 milhões) para o time classificado, em caso de dois triunfos.

O atacante Altintop, que já jogou no Real Madrid, lembrou do favoritismo do adversário, mas disse que não vai faltar ousadia ao Galatasaray: ?Mesmo que eles sejam favoritos, esse jogo é uma grande oportunidade para nós, o que não significa que estejamos sob pressão. Somos um time de coragem e temos um técnico corajoso. Vamos jogar com vontade e acreditar que podemos vencer?, declarou.

Tanto José Mourinho quanto Fatih Terim poderão contar com seus principais jogadores e escalar os times titulares para o jogo. Apenas Casillas continua de fora, por conta de uma lesão no dedo.

Na história do confronto são quatro jogos e duas vitórias para cada lado, sendo que os turcos já levantaram um troféu contra os rivais espanhóis: o da Supercopa da Europa de 1999/00, em Monaco.

FICHA TÉCNICA - REAL MADRID x GALATASARAY

Local: Estádio Santiago Bernabéu, em Madri, Espanha
Data: 03 de abril de 201, quarta-feira
Horário: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Sven Moen (NOR)
Assistentes: Kim Haglund e Frank Andas (ambos da Noruega)

REAL MADRID: Lopez; Arbeloa, Varane, Sergio Ramos e Fabio Coentrao; Khedira, Xabi Alonso, Di Maria , Ozil e Cristiano Ronaldo; Benzema.
Técnico: José Mourinho

GALATASARAY: Muslera; Eboue, Semih, Nounkeu e Riera; Altintop, Felipe Melo, Selcuk e Sneijder; Drogba e Yilmaz.
Técnico: Fatih Terim



--------------

Inter inicia caminhada pelo bi da Copa do Brasil contra o Rio Branco no Acre
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:00:38

Gazeta

Campeão em 1992, time gaúcho busca vitória por dois gols para eliminar jogo de volta

Depois de quase três meses disputando apenas o Campeonato Gaúcho, o Internacional finalmente estreará naquela que é sua prioridade para o primeiro semestre: a Copa do Brasil. O primeiro desafio colorado é distante de Porto Alegre: Rio Branco, no Acre, a 4 mil quilômetros, onde a equipe enfrentará o Rio Branco, tricampeão estadual e dono de cinco dos últimos seis títulos acreanos.

Deixe seu comentário para esta partida. O Inter vai evitar a partida de volta?

O técnico Dunga não conseguiu levar ao Acre seu time completo. Alguns jogadores vêm desfalcando a equipe desde o início da temporada - Índio e Kleber, por exemplo, ainda nem atuaram em 2013. Leandro Damião cumpre suspensão após expulsão na última rodada do Brasileiro 2012. Fred, Ygor e Rodrigo Moledo, todos lesionados, também não jogam.

Leia também: Internacional desembarca no Acre e é recebido com festa dos torcedores

No entanto, a repetição de esquema e escalação durante o Gauchão tem facilitado a reposição para Dunga. Na zaga, Romário deve formar dupla com Juan. Na lateral esquerda, Fabrício segue como titular. Para o meio, a dupla de volantes deve ser composta por Josimar e Willians - este uma boa notícia, pois retorna de lesão. Dátolo substitui Fred na armação.

No ataque, se perde Damião, o técnico ganha o retorno do uruguaio Diego Forlán, que não atuou nas últimas quatro partidas da equipe, primeiro por convocação, depois por lesão. Ele formará o ataque com Rafael Moura, que começa como titular pela primeira vez na temporada.O Rio Branco tem como sua melhor participação na Copa do Brasil o fato de ter chegado às quartas de final na edição de 1997. Nos últimos dois anos, caiu logo na primeira fase, para Atlético-PR e Cruzeiro. No atual Campeonato Acreano, a equipe ocupa a vice-liderança. O último jogo foi um empate em 1 a 1 com o Atlético-AC, quinta passada.

A volta do Inter ao Acre é histórica: há 27 anos a equipe não jogava partidas por lá. A última vez havia sido um amistoso diante do Independência, preparatório para o Campeonato Brasileiro, que acabou em 0 a 0.

Caso vença por dois ou mais gols de diferença, o Inter segue adiante sem necessidade de jogo de volta, para enfrentar Santa Cruz ou Guarani de Juazeiro na próxima fase. Em sua história na Copa do Brasil, o Colorado eliminou o adversário sem precisar de uma segunda partida cinco vezes: em 1996 (2 a 0 no Operário-MT), 1997 (7 a 0 no Guará-DF), 2003 (2 a 0 no Comercial-MS) e 2008 (4 a 0 no Nacional-PB e 2 a 0 na Chapecoense).


FICHA TÉCNICA
RIO BRANCO-AC X INTERNACIONAL
 
Local: Arena da Floresta, em Rio Branco (AC)
Data: 3 de abril de 2013, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Fledes Rodrigues dos Santos (RO)
Assistentes: Márcia Caetano e Valdebrânio da Silva (RO)
 
RIO BRANCO-AC: Douglas; Ananias, Marquinhos, Erick e Alfredo; Ismael, Neném, Robe e Testinha; Araújo e Juliano César.
Técnico: Luís Carlos
 
INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Romário, Juan e Fabrício; Willians, Josimar, Dátolo e D?Alessandro; Forlán e Rafael Moura.
Técnico: Dunga

 



--------------

Clássicos nos principais estaduais não empolgam e atraem pouco público
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:00:38

iG São Paulo

Em São Paulo, Rio Grande Sul e Rio de Janeiro, por exemplo, a média de público dos clássicos não passa de 20 mil pessoas

No futebol brasileiro, a rivalidade local é uma das principais razões para a existência dos estaduais. Porém, nos principais campeonatos, os clássicos entre os grandes clubes não empolgam mais como antigamente e levam poucos torcedores aos estádios. Em São Paulo, Rio Grande Sul e Rio de Janeiro, por exemplo, a média de público dos clássicos não passa de 20 mil pessoas.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Por causa das fórmulas de disputas pouco atraentes, vários clássicos perderam importância. No Campeonato Gaúcho, apenas 9.365 pessoas pagaram para ver o primeiro Gre-Nal da temporada. Como o resultado da partida não causava grandes mudanças na tabela de classificação, Vanderlei Luxemburgo não pensou duas vezes e poupou os titulares para a disputa da Copa Libertadores.

Em São Paulo, o desinteresse dos grandes também ficou evidente nesta temporada. Em três clássicos, inclusive, as equipes não conseguiram tirar o zero do placar. De quebra, a FPF (Federação Paulista de Futebol) marcou vários clássicos em vésperas de jogos importantes da Copa Libertadores.

Veja também: Grandes clubes do futebol brasileiro defendem redução dos estaduais

As três viagens do Corinthians na primeira fase do torneio continental, contra San José (BOL), Tijuana (MEX) e Millonarios (COL), foram feitas logo após os três clássicos da equipe na primeira fase do Campeonato Paulista, contra Palmeiras, Santos e São Paulo.

Já no Rio de Janeiro, a FERJ (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) desvalorizou o próprio campeonato agendando alguns clássicos para o meio de semana. O primeiro duelo do ano entre Flamengo e Vasco, por exemplo, foi disputado em uma quinta-feira. Para piorar, a partida começou às 19h30.

Leia mais: Com clássicos esvaziados, FPF admite mudar o formato do Paulistão

Entre os quatro principais estaduais do futebol brasileiro, o Campeonato Mineiro é a única exceção quando o assunto é público presente e empolgação da torcida no clássico. No entanto, a reinauguração do Mineirão foi fundamental para Atlético-MG e Cruzeiro tratarem o jogo como uma final de campeonato. Animados, os torcedores esgotaram os 52990 ingressos colocados à venda..

Confira os públicos dos clássicos nos principais estaduais do futebol brasileiro:

Campeonato Paulista:

Corinthians 2 x 2 Palmeiras - 34.010 pagantes

São Paulo 1 x 2 Corinthians ? 20.930 pagantes

São Paulo 0 x 0 Palmeiras ? 18.020 pagantes

Santos 0 x 0 Corinthians ? 17.115 pagantes

Santos 3 x 1 São Paulo ? 14.283 pagantes

Palmeiras 0 x 0 Santos ? 11912 pagantes

Média de 19.378 torcedores

Campeonato Gaúcho: 

Internacional 2 x 1 Grêmio ? 9.365 pagantes

Internacional 2 x 1 Grêmio ? 11.560 pagantes

Média de 10.462 torcedores

Campeonato Carioca

Botafogo 1 x 1 Fluminense ? 7.367 pagantes

Flamengo 1 x 0 Botafogo ? 22.227 pagantes

Flamengo 0 x 2 Botafogo ? 17.554 pagantes (semifinal 1º turno)

Vasco 0 x 1 Botafogo ? 32.770 pagantes (final 1º turno)

Vasco 2 x 4 Flamengo ? 12.143 pagantes

Fluminense 1 x 1 Vasco ? 13.661 pagantes

Vasco 3 x 2 Fluminense ? 15.960 pagantes (semifinal 1º turno)

Média de 17.383 torcedores

Campeonato Mineiro

Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG ? 52.990 pagantes



--------------

Para voltar a sonhar com classificação, Vasco encara Botafogo
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:00:38

Gazeta

Lanterna no grupo A, time comandado por Paulo Autuori precisa vencer o clássico para manter chances de avançar às semifinais

Vasco e Botafogo, protagonistas da final da Taça Guanabara, se reencontram nesta quarta-feira, às 19h30(de Brasília), no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. No encontro que decidiu o primeiro turno, o Botafogo levou a melhor e venceu por 1 a 0, ficando com o título e garantindo vaga na final do Carioca.

Para este jogo as duas equipes chegam em situações bem diferentes. O Vasco vem de um empate sem gols com o Olaria. Com apenas um ponto, ocupa a lanterna da chave. Já o Glorioso tem seis pontos, cem por cento de aproveitamento e vai dar um passo gigantesco rumo à próxima etapa em caso de triunfo.

"Sabemos o que representará para o Botafogo a vitória sobre o Vasco, pois, neste caso, a classificação para a próxima etapa estará muito bem encaminhada. No entanto, trata-se de um jogo complicado, contra um adversário que precisa muito do resultado e que já mostrou que pode evoluir nesta Taça Rio. Mas estamos prontos para um grande jogo", disse o volante Marcelo Mattos.Para os vascaínos, as últimas esperanças de classificação para as semifinais estão depositadas nesta partida e nenhum resultado que não a vitória será bem-vindo aos cruzmaltinos.

"Não podemos entrar em campo pensando que estamos em situação delicada ou que a classificação para as semifinais é algo muito complicado de acontecer, pois se agirmos assim as coisas não vão acontecer conforme o nosso desejo. Temos que ir a campo, tentar derrotar o Botafogo e depois observar o que um triunfo melhorou a nossa situação no Campeonato Carioca" analisou o volante Wendel.

O técnico do Vasco, Paulo Autuori, vai promover uma apenas uma alteração na equipe. O lateral esquerdo Yotún, que ficou de fora contra o Olaria por estar servindo à seleção peruana nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, que será disputada no Brasil, ganha a vaga de Thiago Feltri.

Pelo lado do Botafogo, o meia Lodeiro, que estava com a seleção uruguaia também nas Eliminatórias, reaparece na vaga de Vitinho, que fica como opção no banco de reservas. Sem Seedorf, suspenso por ter sido expulso na vitória de 2 a 1 sobre o Madureira, Oswaldo de Oliveira desistiu do esquema 4-5-1 e vai armar a equipe com dois atacantes. Melhor para Bruno Mendes, que ganha uma chance e vai compor o setor com Rafael Marques.

FICHA TÉCNICA
VASCO X BOTAFOGO

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 3 de abril de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Luiz Antônio Silva dos Santos (RJ)
Assistentes:Wagner Santos (RJ) e Jackson dos Santos (RJ)

VASCO: Alessandro; Nei, Dedé, Renato Silva e Yotún; Sandro Silva, Wendel, Fellipe Bastos e Carlos Alberto; Eder Luis e Tenório.
Técnico:Paulo Autuori

BOTAFOGO: Jéfferson; Lucas, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Fellype Gabriel e Lodeiro; Bruno Mendes e Rafael Marques.
Técnico: Oswaldo de Oliveira



--------------

Com rival já "dissecado", são-paulinos secam Arsenal nesta quarta
Fonte: Gazeta Esportiva
Horário da matéria: 03/04/2013 às 05:00:19

O São Paulo termina na manhã desta quarta-feira a preparação para o duelo com o The Strongest e, em seguida, viaja à Bolívia. Na primeira parada, em Santa Cruz de la Sierra, jogadores e comissão técnica terão tempo livre para torcer pelo Atlético-MG contra o Arsenal, em jogo que será disputado em Belo Horizonte.

--------------

Serena entre a vencer em Charleston - A Bola
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 04:59:51


A Bola

Serena entre a vencer em Charleston
A Bola
A norte-americana Serena Williams, tenista mais velha (31 anos) a liderar o ?ranking? WTA, estreou-se no torneio de Charleston, onde procura o terceiro título, com um triunfo fácil sobre a italiana Camila Giorgi, por 6-2 e 6-3. A alemã Sabine Lisicki, antiga ...
Serena estreia com vitória no saibro verde do WTA de CharlestonTerra Brasil
Serena e meta no saibro: não cair de novo na estreia em Roland ...Globo.com
Serena bate italiana em estreia no Torneio de Charlestonodiario.com
Boa Informação -AHE! Portal de Esportes Olímpicos
todos os 7 artigos »


--------------

Carmelo faz 50 pontos contra o Heat e leva Knicks à nona vitória ... - Terra Brasil
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 03/04/2013 às 04:34:42


Diário Digital

Carmelo faz 50 pontos contra o Heat e leva Knicks à nona vitória ...
Terra Brasil
Sem LeBron James e Dwyane Wade em quadra, o Miami Heat não teve quem parasse, na noite desta terça-feira, o ala Carmelo Anthony, que marcou incríveis 50 pontos e levou o New York Knicks a uma vitória fora de casa por 102 a 90 sobre o time da ...
Knicks vencem Heat com 50 pontos de Carmelo AnthonyA Bola
Com 50 pontos de Carmelo Anthony, Knicks batem HeatGazeta Esportiva
Carmelo Anthony iguala melhor marca da carreira e New York ...Yahoo
Diário Digital
todos os 5 artigos »


--------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário