Pesquisar este blog

sábado, 30 de março de 2013

Notícias até 30-03-2013 às 05:12:46

Cruzeiro e Villa Nova fazem jogo dos invictos no Alçapão do Bonfim
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 30/03/2013 às 05:00:59

Gazeta

A principal novidade do Cruzeiro para encarar o Villa Nova, será o retorno do atacante Borges, que se recuperou de lesão e vai ocupar o lugar de Vinícius Araújo

Líder isolado do Campeonato Mineiro com 19 pontos, o Cruzeiro colocará está liderança em jogo neste sábado, às 18h30 (de Brasília). O Cruzeiro enfrenta o invicto Villa Nova no estádio Castor Cifuentes, campo de dimensões reduzidas que na opinião do técnico Marcelo Oliveira pode prejudicar a equipe. Segundo ele, partidas contra o Villa Nova tradicionalmente são complicadas, e que todos os cuidados devem ser tomados para evitar um revés.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Espera-se um jogo difícil, inicialmente e teoricamente de muita competição, tem que ter um espírito próprio. Nós temos que nos adaptar rapidamente à dimensão do campo e ao gramado, em que você não deve correr muito com a bola e nem tocar de primeira, mas dar uma dominada e tocar, e para isso é preciso ter uma movimentação constante", declarou.

A principal novidade do Cruzeiro para encarar o Villa Nova, será o retorno do atacante Borges, que se recuperou de lesão e vai ocupar o lugar que foi de Vinícius Araújo no último jogo. Com o retorno de Borges, o Cruzeiro voltará a ter o quarteto considerado mágico pelo torcida celeste, formado por Everton Ribeiro, Diego Souza, Dagoberto e Borges.

Leia mais: Leandro Guerreiro espera dificuldades contra o invicto Villa Nova

Com este quarteto ofensivo, o Cruzeiro espera manter o bom retrospecto diante do Villa Nova, que não consegue vencer o time celeste há mais de quatorze anos. A última derrota cruzeirense para o Leão do Bonfim foi em 28 de fevereiro de 1999, por 2 a 0, pela Copa dos Campeões Mineiros. De lá para cá as duas equipes se enfrentaram 18 vezes, com 11 vitórias do Cruzeiro e sete empates.

No geral, Cruzeiro e Villa Nova se enfrentaram 233 vezes desde 1921, com 116 vitórias do time da capital, 72 empates e 45 triunfos da equipe de Nova Lima. Pelo Campeonato Mineiro foram 165 confrontos. O Cruzeiro venceu 90, empatou 51 e perdeu 24 vezes.

No Villa Nova, o time do técnico Alexandre Barroso permanece invicto no Campeonato Mineiro e é dono da defesa menos vazada da competição, com apenas três gols sofridos. O treinador do Leão espera tirar proveito do fator casa e da força da defesa da equipe para conquistar um bom resultado em cima do Cruzeiro.

Veja também: Dirigente confirma propostas por Diego Souza e Everton Ribeiro

"O jogo vai ser bom, vai ser um grande jogo. O que pode acontecer é que as dimensões do campo vão interferir. Com certeza vai interferir na performance, no rendimento. O nosso time, evidentemente, por treinar e por jogar aqui, está um pouco mais acostumado que o Cruzeiro. A melhor qualidade técnica do Cruzeiro, a maior rodagem dos jogadores do Cruzeiro, pode ser que equilibre esse fator. Mas acredito que não vá ser um jogo muito plástico. Acredito que vai ser definido no detalhe e na vontade", comentou.

Outros jogos: A rodada do Campeonato Mineiro começou na última quarta-feira, com a vitória do América-MG por 3 a 1, em cima do xará de Teófilo Otoni, e será completada neste final de semana. Além de Cruzeiro e Villa Nova, Araxá e Tombense se enfrentam neste sábado. No domingo, o Atlético-MG recebe o Tupi, a Caldense encara o Boa Esporte, e Guarani e Nacional medem forças em Nova Serrana.

FICHA TÉCNICA
VILLA NOVA X CRUZEIRO

Local: Estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima (MG)
Data: 30 de março de 2013 (sábado)
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Ronei Cândido Alves (FMF)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (CBF/FMF) e Pedro Araújo Dias Cotta (CBF/FMF)

VILLA NOVA: Thiago Braga; Rodrigo Dias, Heitor, Marco Tiago e Hyago; Cleber Monteiro, Marcelo Rosa, Max Carrasco e Tchô; Rafael Gomes e Eraldo
Técnico: Alexandre Barroso

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Léo, Paulão e Everton; Leandro Guerreiro, Nilton, Everton Ribeiro e Diego Souza; Dagoberto e Borges
Técnico: Marcelo Oliveira



--------------

Diante do Boavista, retorno de Fred é a grande novidade no Fluminense
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 30/03/2013 às 05:00:59

Gazeta

O artilheiro estava servindo à seleção brasileira e não participou das partidas contra Duque de Caxias e Macaé

A volta do atacante Fred é a grande novidade do Fluminense para a partida deste sábado, diante do Boavista, na abertura da quarta rodada da Taça Rio, às 16h (horário de Brasília), em Moça Bonita. O artilheiro estava servindo à seleção brasileira e não participou dos jogos contra Duque de Caxias e Macaé. 

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Para o técnico Abel Braga, a volta do capitão, além de aumentar a força ofensiva, transmite mais personalidade ao time por causa da postura do atacante.O Tricolor das Laranjeiras é o segundo colocado no Grupo B, com sete pontos ganhos, enquanto o Boavista é o terceiro colocado, com quatro pontos, e ainda sonha com uma vaga nas semifinais.

No Fluminense, Abel ainda não definiu o time para a partida contra a equipe de Saquarema. Suas maiores dúvidas residem no meio de campo e no ataque. O meia Deco ficou no banco de reservas diante do Macaé, por opção do próprio treinador, mas pode voltar ao time, formando o meio ao lado de Edinho, Jean e Wagner. Caso essa opção prevaleça, o atacante Rhayner pode formar a dupla de ataque com Fred, caso Wellington Nem continue vetado pelo departamento médico. Outra opção seria a escalação de Michael ao lado de Fred.

Leia mais: Diretor do Fluminense luta contra partidas "vulgarizadas" do Carioca

O problema é que o jovem atacante, que marcou três gols diante do Macaé, tem características semelhantes às de Fred, o que inviabilizaria a escalação da dupla, pelo menos, no início da partida. Abel garantiu que a equipe só será definida momentos antes da partida.O Boavista vem de vitória, de virada, sobre o Audax, e está muito motivado.

O técnico Lucho Nizzo confia na experiência de jogadores como o zagueiro Gustavo, o meia Bruno Thiago e os atacantes Tony e Gilcimar para suportar a pressão tricolor, principalmente no começo do jogo. O treinador espera que o time dirigido por Abel Braga parta para cima, em busca de uma definição rápida, mas acredita que o Boavista tem jogadores com vivência suficiente para encarar um adversário tão qualificado.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X BOAVISTA

Local: Moça Bonita
Data: 30/03/2013
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: João Batista de Arruda
Assistentes: Ediney Mascarenhas e Marcos Nascimento

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean, Wagner e Deco(Rhayner); Fred e Rhayner (Michael)
Técnico: Abel Braga

BOAVISTA: Vinicius; Everton Silva, Gustavo, Bruno Costa e Romarinho; Pedroso, Thiaguinho, Bruno Thiago e Erick Flores; Tony e Gilcimar
Técnico: Lucho Nizzo.



--------------

Atlético-PR e Londrina se enfrentam em ?final antecipada? do returno
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 30/03/2013 às 05:00:59

Gazeta

O resultado final da partida deve definir os destinos das equipes, que estão separadas por dois pontos na classificação, na reta final da competição

Em uma verdadeira final antecipada do returno do Campeonato Paranaense 2013, o time sub-23 do Atlético Paranaense recebe neste sábado, abrindo a sétima rodada, o Londrina, às 16 horas (de Brasília), no Ecoestádio Janguito Malucelli. O resultado final da partida deve definir os destinos das equipes, que estão separadas por dois pontos na classificação, na reta final da competição.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Atlético Paranaense vem de uma ótima sequência de resultados positivos, embora quase todos conquistados com muito sofrimento, nos acréscimos, depois de apresentações irregulares, mostrando fragilidade mesmo diante de adversários, em tese, com menos qualidade e estrutura. O técnico Arthur Bernardes pode mais uma vez modificar o meio-campo e colocar Renatinho e volta a lateral, mas somente irá definir o time momentos antes da partida.

O treinador rubro-negro voltou a exaltar o amadurecimento de seu grupo nessa reta final e mostra confiança em uma arrancada rumo à decisão. "Nosso grupo está crescendo muito. A afinidade da equipe é impressionante. Um corre pelo outro, todos se ajudam. Nosso time é humilde, com muitos meninos, mas que atuam como gente grande. Estamos amadurecendo cada vez mais", analisou.

Leia mais: Atlético-PR empata o último amistoso antes de disputar a Copa do Brasil

Com 100% de aproveitamento no segundo turno, o Londrina entrará em campo com uma série de objetivos a serem cumpridos, começando, é claro, por bater um rival direto na luta pelo título. O técnico Cláudio Tencati não poderá contar com o volante Diogo Roque, que recebeu o terceiro cartão amarelo, e o meia Celsinho, que segue fora por decisão do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR). Silvio e Serginho Paulista disputam a primeira vaga.

Em caso de vitória no Janguitão, o Londrina deve garantir a participação na Copa do Brasil 2014, encaminhar um lugar na Série D do Campeonato Brasileiro deste ano e, além de colocar um pé na final do Estadual para disputar o título com o Coritiba, se aproxima de garantir vantagem na disputa contra o Alviverde por ter melhor campanha na classificação geral.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO PARANAENSE X LONDRINA

Local: Ecoestádio Janguito Malucelli, em Curitiba (PR)
Data: 30 de março de 2013, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Sidmar dos Santos Meurer

ATLÉTICO: Santos; Jean Felipe, Erwin, Rafael Zuchi e Héracles; Renatinho, Hernani, Marcos Guilherme e Zezinho; Crislan e Douglas Coutinho
Técnico: Arthur Bernardes

LONDRINA: Danilo; Maicon, Dirceu, Gilvan e Wendell; Serginho Paulista (Silvio), Bruno, Germano e Robinho; Neílson e Wéverton
Técnico: Cláudio Tencati.



--------------

Com reservas, Palmeiras tenta cicatrizar ferida antes de encarar Tigre
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 30/03/2013 às 05:00:59

Gazeta

Neste sábado, no Pacaembu, o time enfrenta o Linense cheio de reservas, mas com uma missão a mais: recuperar a autoestima perdida na quarta-feira

O último teste de Gilson Kleina com seus titulares antes do decisivo jogo de terça-feira, contra o Tigre, pela Libertadores, virou uma vexatória derrota por 6 a 2 para o Mirassol. Mesmo assim, o técnico foi mantido no cargo, e não mudou seu plano. Às 18h30 (de Brasília) deste sábado, no Pacaembu, o time enfrenta o Linense cheio de reservas, mas com uma missão a mais: recuperar a autoestima perdida na quarta-feira.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Estamos sentidos. A ferida está aberta e vemos muita gente pondo o dedo, mas vamos cicatrizá-la e dar a volta por cima. Não abaixamos a cabeça", decretou o treinador, que tem atuado mais como psicológico do que estrategista na tentativa de também reconquistar a torcida visando um bom público na terça-feira.

"A paz estava reinando, mas no Palmeiras, quando se entra em uma situação assim, vem um vento forte e tem que começar de novo. O que mais podemos prometer é trabalho, competência e eficiência. Vamos retomar o que vínhamos fazendo, continua a minha confiança em todos. Faremos de tudo para reanimar a autoestima de todos", comentou.

Leia mais: Kleina se inspira em Tite e considera presidente do Palmeiras racional

O discurso é de que a goleada de quarta-feira foi uma fatalidade. "Foi o primeiro tropeço. Teremos outros, e esperamos que não seja dessa forma. É erguer a cabeça e reagir porque estamos em um grande clube e queremos uma história positiva. Que possamos dar a volta por cima para chegar com confiança e muito mais mobilizados para a Libertadores", incentivou Kleina.

Tudo isso caberá a uma escalação que não poderá contar com 12 dos principais atletas do elenco. Henrique, Valdivia, Maikon Leite e Kleber estão machucados, Souza fica no banco porque acaba de voltar de lesão, Mauricio Ramos será reservas para não se desgastar e Weldinho, Juninho, Márcio Araújo, Charles e Wesley nem foram relacionados para se preparar visando o duelo contra o Tigre. E ainda está fora Leandro Amaro, machucado.

Entre os que devem ser titulares na terça-feira, iniciarão o jogo no sábado Fernando Prass, Ronny e Caio, sendo que os dois últimos disputam uma vaga no setor ofensivo. O resto do time neste sábado terá Vilson, suspenso diante dos argentinos, e André Luiz, Léo Gago e Leandro, impedidos de atuar na Libertadores. Os outros escolhidos são reservas que tentam ganhar ritmo.

Veja também: Diretoria do Palmeiras não define data para pagar os salários atrasados

Neste cenário, o objetivo é ir além da sétima colocação atual, que garante a classificação do Palmeiras nas quartas de final do Paulista, mas jogando o mata-mata como visitante. "Estamos na zona de classificação, queremos chegar ao G-4 e temos um jogo em casa para isso. Por mais que não tenhamos conjunto, temos superação e vontade de vencer. Vamos extrair o melhor de cada um", apostou Kleina.

O mesmo pensa Bruno Quadros, técnico do Linense que começa a ser pressionado. O time, que está em décimo com 21 pontos, precisa vencer no Pacaembu para não se complicar na busca por vaga na próxima fase. Para a tarefa, o desfalque é o volante Elias, expulso na derrota para o União Barbarense na quarta-feira, além do zagueiro Bruno Perone, ainda machucado.

A novidade no meio-campo é Leanderson, e o time segue com o lateral direito Bruno Ribeiro, ex-Palmeiras, e o zagueiro Álvaro e o meia Lenílson, ambos ex-São Paulo. O objetivo é conquistar a primeira vitória após três jogos, sendo que os dois últimos compromissos terminaram com derrotas que tiraram o clube das oito primeiras posições da tabela.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X LINENSE

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 30 de março de 2013, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcio Henrique de Gois (SP)
Assistentes: Eduardo Vequi Marciano e Leonardo Schiavo Pedalini (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Fabio de Jesus Volpato Mendes e Norberto Luciano Santos da Silveira (ambos de SP)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Ayrton, Vilson, André Luiz e Marcelo Oliveira; Wendel, João Denoni, Léo Gago e Ronny; Leandro e Caio
Técnico: Gilson Kleina

LINENSE: Leandro Santos; Bruno Ribeiro, Fábio Lima, Álvaro e Tarracha; Leanderson, Leandro Brasília, Gilsinho e Lenílson; Fernandinho e Fábio Lopes
Técnico: Bruno Quadros



--------------

Atração em São Paulo no domingo, Pearl Jam tem histórico de ligação com esporte
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 30/03/2013 às 05:00:59

Luís Araújo

Banda já homenageou ex-armador da NBA no álbum de estreia. Além disso, criou músicas para Kareem Abdul-Jabbar e o Chicago Bulls dos anos 1990

A banda norte-americana Pearl Jam será encarregada de encerrar neste domingo o festival Lollapalooza, que acontece em São Paulo no final de semana. Dono de uma coleção de sucessos ao longo dos mais de 20 anos de carreira, o grupo tem como uma das características mais conhecidas a ligação com o esporte, em especial o basquete.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Essa ligação começou cedo. Quando subiu ao palco pela primeira vez, em uma apresentação na cidade de Seattle ocorrida em outubro de 1990, a banda se chamava Mookie Blaylock ? nome do armador que entrou na NBA no ano anterior e defendia o New Jersey Nets na época. A mudança para Pearl Jam acabou acontecendo poucos meses depois, mas os músicos deram um jeito de homenagear o atleta. Lançado em 1991, o álbum de estreia foi batizado de ?Ten? justamente porque Blaylock usava a camisa 10.

Jogador de basquete na adolescência

Não é difícil entender a paixão do Pearl Jam pela modalidade. Um dos fundadores do grupo, o baixista Jeff Ament sonhava em viver do basquete durante a adolescência. Ele jogava no colegial e conseguiu ingressar no time da Universidade de Montana. Na faculdade, porém, percebeu que não se destacava tanto quanto os companheiros e se deu conta de que se sairia melhor como músico. Acabou deixando a equipe e se mudou para Seattle, onde conheceu o guitarrista Stone Gossard. Além do desejo de emplacar uma banda de sucesso, tinham em comum a torcida pelo extinto Seattle Supersonics.

Apesar de ser apaixonado pelo Sonics, Ament homenageou um jogador que nunca atuou pela equipe quando resolveu escrever uma música inspirada no basquete. ?Sweet Lew?, do álbum ?Lost Dogs? (2003), faz referência ao ex-pivô Kareem Abdul-Jabbar, recordista de pontos na história da NBA atuando por Milwaukee Bucks e Los Angeles Lakers, cujo nome de batismo é Lew Alcindor.

Apaixonado pelos times de Chicago

Se Ament e Gossard torciam pelo Sonics, o vocalista Eddie Vedder sempre se mostrou um fã do Chicago Bulls. Nada mais natural para quem passou a infância e a adolescência na cidade. Quando não está em turnê, é visto frequentemente nos jogos da equipe em Chicago. Em 1998, no terceiro jogo da decisão contra o Utah Jazz, foi o responsável por cantar o hino norte-americano antes da partida ? que terminou com vitória do Bulls (veja abaixo).

Os laços de Vedder com a equipe seis vezes campeã da NBA também são facilmente detectados dentro da música do Pearl Jam. No final do clipe de ?Alive?, um dos maiores sucessos da banda, ele aparece vestindo a camisa de Michael Jordan. Além disso, foi ele quem escreveu ?Black, Red, Yellow?. A canção, que também está no álbum ?Lost Dogs?, tem como inspiração o time do Bulls da década de 1990 e conta com a participação de Dennis Rodman, que deixa um recado no telefone para o vocalista no final.

Além do basquete, Vedder é fã de beisebol. O time de coração na MLB não poderia ser outro: o Chicago Cubs. Em 2007, ele homenageou a equipe com ?All the Way?, música que compôs para a carreira solo. A ideia, no entanto, não partiu do artista. A sugestão foi dada pelo ex-jogador Ernie Banks. Vedder, então, criou a canção, cuja letra demonstra a esperança da torcida local pelo título da World Series, algo que não acontece para o Cubs desde 1908. Vale lembrar que Vedder também gosta de surfar e tem como um dos parceiros de atividade o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater.

Admirado por Pete Sampras

A exemplo do que ocorre com Vedder, a paixão de Gossard pelo esporte vai além do basquete. Nas horas vagas, o guitarrista gosta de jogar tênis. Ele já chegou, inclusive, a disputar algumas partidas com Pete Sampras, norte-americano vencedor de 14 títulos de Grand Slam durante a carreira. O ex-tenista aprovou o desempenho do músico dentro de quadra. ?Pela quantidade que pratica, e imagino que não deva ter muito tempo para treinar, Gossard joga muito bem?, disse Sampras à revista Spin, em 2001.

Outras ligações entre rock e esporte

Andreas Kisser, guitarrista do Sepultura, é  apaixonado pelo São Paulo

Andreas Kisser, guitarrista do Sepultura, é apaixonado pelo São Paulo

Foto: Futura Press

Nando Reis não esconde de ninguém o seu amor  pelo São Paulo

Nando Reis não esconde de ninguém o seu amor pelo São Paulo

Foto: Futura Press

Roger, do Ultraje a Rigor, também é  são-paulino

Roger, do Ultraje a Rigor, também é são-paulino

Foto: Futura Press

Os irmãos Igor e Max Cavaliera,  ex-integrantes do Sepultura, são torcedores do  Palmeiras

Os irmãos Igor e Max Cavaliera, ex-integrantes do Sepultura, são torcedores do Palmeiras

Foto: Reprodução

Samuel Rosa, líder do Skank, é torcedor  fanático do Cruzeiro

Samuel Rosa, líder do Skank, é torcedor fanático do Cruzeiro

Foto: Vipcomm

Japinha e Badauí, do CPM 22, visitam treino  do Corinthians, time pelo qual são apaixonados

Japinha e Badauí, do CPM 22, visitam treino do Corinthians, time pelo qual são apaixonados

Foto: Futura Press

Liam Gallagher, ex-vocalista do Oasis, segura  a taça de campeão inglês que o Manchester City,  seu time do coração, conquistou nesta temporada

Liam Gallagher, ex-vocalista do Oasis, segura a taça de campeão inglês que o Manchester City, seu time do coração, conquistou nesta temporada

Foto: Getty Images

Noel Gallagher, irmão e ex-companheiro de  banda de Liam, também é fanático pelo City e  frequenta bastante os jogos do time

Noel Gallagher, irmão e ex-companheiro de banda de Liam, também é fanático pelo City e frequenta bastante os jogos do time

Foto: Getty Images

Os irmãos Gallagher também são fãs de Del  Piero. Em um programa de TV italiano, os músicos  receberam uma camisa de presente e conversaram com  o atleta por telefone

Os irmãos Gallagher também são fãs de Del Piero. Em um programa de TV italiano, os músicos receberam uma camisa de presente e conversaram com o atleta por telefone

Foto: Getty Images

Roger Daltrey (esq), vocalista do The Who, é  apaixonado pelo Arsenal e ajudou o clube numa  campanha de arrecadação de dinheiro para uma  instituição que trata de crianças com câncer

Roger Daltrey (esq), vocalista do The Who, é apaixonado pelo Arsenal e ajudou o clube numa campanha de arrecadação de dinheiro para uma instituição que trata de crianças com câncer

Foto: Site oficial

Johnny Rotten, líder do Sex Pistols, mostra  seu amor pelo Arsenal

Johnny Rotten, líder do Sex Pistols, mostra seu amor pelo Arsenal

Foto: Reprodução

David Gilmour, do Pink Floyd, também torce  pelo Arsenal

David Gilmour, do Pink Floyd, também torce pelo Arsenal

Foto: Getty Images

Roger Glover, baixista do Deep Purple, é mais  estrela do rock que compõe a torcida do Arsenal

Roger Glover, baixista do Deep Purple, é mais estrela do rock que compõe a torcida do Arsenal

Foto: Getty Images

Steve Harris, baixista do Iron Maiden, é tão  apaixonado pelo West Ham que carrega o escudo do  time no instrumento

Steve Harris, baixista do Iron Maiden, é tão apaixonado pelo West Ham que carrega o escudo do time no instrumento

Foto: Getty Images

Ozzy Osbourne, quando não está comendo  morcegos, acompanha o Aston Villa no Campeonato  Inglês

Ozzy Osbourne, quando não está comendo morcegos, acompanha o Aston Villa no Campeonato Inglês

Foto: Getty Images

Jimmy Page comemorou o título da Liga dos  Campeões nesta temporada. O guitarrista do Led  Zeppelin é torcedor do Chelsea

Jimmy Page comemorou o título da Liga dos Campeões nesta temporada. O guitarrista do Led Zeppelin é torcedor do Chelsea

Foto: Getty Images

Paul McCartney: ex-Beatle chegou a dizer que  torce por Everton e Liverpool. Mas o Everton é o  time de sua família

Paul McCartney: ex-Beatle chegou a dizer que torce por Everton e Liverpool. Mas o Everton é o time de sua família

Foto: Getty Images

Flea e Josh Klinghoffer, do Red Hot Chili  Peppers, assistem ao jogo do Los Angeles Lakers

Flea e Josh Klinghoffer, do Red Hot Chili Peppers, assistem ao jogo do Los Angeles Lakers

Foto: Getty Images

Os músicos do Chili Peppers não escondem o  amor pelo Lakers nem mesmo quando estão se  apresentando

Os músicos do Chili Peppers não escondem o amor pelo Lakers nem mesmo quando estão se apresentando

Foto: Getty Images

Eddie Vedder, vocalista do Pearl Jam, faz  arremesso inicial em jogo do Chicago Cubs

Eddie Vedder, vocalista do Pearl Jam, faz arremesso inicial em jogo do Chicago Cubs

Foto: Getty Images

Vedder também é visto com frequência em jogos  do Chicago Bulls e já até chegou a fazer parte da  festa do título

Vedder também é visto com frequência em jogos do Chicago Bulls e já até chegou a fazer parte da festa do título

Foto: Getty Images

O Pearl Jam não é a única banda do rock que tem a afinidade com o esporte muito bem definida. Também nos Estados Unidos, na Califórnia, o Red Hot Chili Peppers já manifestou algumas vezes a torcida pelo Los Angeles Lakers. Não é raro ver os fundadores da banda, o vocalista Anthony Kiedis e o baixista Flea, assistindo aos jogos da equipe no ginásio. Além disso, o grupo já dedicou duas músicas a ídolos da franquia: ?Magic Johnson? e ?Salute to Kareem?.

No Aerosmith, a paixão esportiva dos integrantes é o New England Patriots, que se sagrou três vezes campeão da NFL. No último mês de outubro, o grupo fez uma nova versão de ?Legendary Child?, primeira música de trabalho do álbum ?Music Fron Another Dimension? (2012), com a letra adaptada para homenagear a equipe de futebol americano.

Na Inglaterra, há o caso dos irmãos Liam e Noel Gallagher, do Oasis. A paixão pelo Manchester City e o hábito de acompanhar as partidas da equipe no estádio estão estre as poucas coisas divididas pelos dois, que são conhecidos pelas brigas que tiveram e que acabaram resultando no fim da banda. Em 2012, após uma vitória no clássico de Manchester sobre o United, a torcida do City comemorou o resultado cantando ?Wonderwall?, um dos maiores sucessos da trajetória do Oasis.

Além disso, Noel é amigo de Alessandro Del Piero. O atacante italiano chega a aparecer no clipe da canção ?Lord Don?t Slow Me Down? quando ainda defendia a Juventus. Depois que deixou o clube de Turim, antes de acertar a ida para o futebol australiano, ouviu o pedido do guitarrista para se juntar ao City.



--------------

Inter recebe Esportivo com time titular e de olho na Copa do Brasil
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 30/03/2013 às 05:00:59

Gazeta

O Inter receberá o Esportivo no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, e só não jogará com força máxima porque o uruguaio Forlán se lesionou no treino de quinta-feira

Depois de escalar time misto no meio de semana, quando empatou em 0 a 0 com o São José, o Internacional voltará a jogar com titulares neste final de semana, pelo Campeonato Gaúcho. O Colorado receberá o Esportivo no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, e só não jogará com força máxima porque o uruguaio Forlán se lesionou no treino desta quinta.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Sem Forlán, Dunga conta com duas alternativas para escalar o ataque do Colorado: Caio - o favorito para assumir a titularidade - e Gilberto. O meia D?Alessandro, que não atuou contra o Zequinha e deixou mais cedo o treinamento desta quinta, deve começar o jogo normalmente ao lado de Fred na articulação.

A partida deste sábado é a última do Inter antes da estreia na Copa do Brasil, contra o Rio Branco, no Acre. Nem mesmo a longa viagem cruzando o país fará o Colorado desistir da ideia de colocar os titulares. Os desfalques, além de Forlán, serão os mesmos dos últimos jogos: Ygor, Willians, Índio e Kleber. Willians deve voltar no próximo final de semana, e tem chances de ficar no banco em Rio Branco.

No Estadual, a situação do Inter é tranquila. O empate com o São José manteve o Inter na liderança do Grupo B da Taça Farroupilha e na liderança geral do Gauchão, que dará ao time a vantagem de jogar uma possível decisão com jogo de volta em casa. A derrota do Grêmio para o Cruzeiro-RS deixou o Colorado em vantagem sobre o maior rival na pontuação deste segundo turno, o que pode evitar um confronto na Arena nos mata-matas.

Leia mais: Inter copia o Corinthians e também entra na onda do "Harlem Shake"

O duelo contra o Esportivo repetirá a semifinal da Taça Piratini. Naquela oportunidade, o Colorado venceu por 2 a 0, dois gols de Forlán, em Caxias do Sul. A invencibilidade rubra no estadual já é de 10 jogos. Em 2013, o Inter só perdeu uma vez: 1 a 0 para o Lajeadense, em Lajeado, pela 6ª rodada do primeiro turno.

Semifinalista no primeiro turno, o Esportivo repete o bom desempenho na Taça Farroupilha. Com sete pontos, a equipe de Bento Gonçalves está em quarto lugar, atrás apenas dos três líderes - Internacional, Juventude e Veranópolis - do Grupo B. Nesta quarta, a equipe empatou em 0 a 0 com o Veranópolis, tirando os 100% do time da Serra Gaúcha neste segundo turno.

A partida entre Inter e Esportivo será a única deste sábado pelo Campeonato Gaúcho. Todos os demais sete jogos ocorrerão no domingo. Pelo Grupo B, o destaque é para o confronto entre Juventude e Veranópolis, dois dos líderes da chave, no Alfredo Jaconi.

Taça Farroupilha - 5ª rodada

Sábado

Grupo B
21 horas - Internacional x Esportivo

Domingo

Grupo A
16 horas - Passo Fundo x Grêmio 
16 horas - Lajeadense x Cerâmica 
18 horas - Novo Hamburgo x Caxias 
19 horas - Pelotas x Cruzeiro-RS

Grupo B 
16 horas - São José x Canoas 
16 horas - Santa Cruz-RS x São Luiz 
18h30 - Juventude x Veranópolis

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X ESPORTIVO

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)
Data: 30 de março de 2013, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva
Assistentes: José Inácio de Souza e Charles Lorenzetti

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan e Fabrício; Aírton, Josimar, Fred e D?Alessandro; Caio e Leandro Damião.
Técnico: Dunga

ESPORTIVO: Fabiano; Victor, Ediglê e Raone; Erick, Fábio Oliveira, Mateus Santana, Rafael Bittencourt e Paulo Josué; Gilian e Fabinho.
Técnico: Luís Carlos Winck



--------------

Ponte volta a sonhar com a liderança em jogo com XV de Piracicaba
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 30/03/2013 às 05:00:59

Gazeta

A equipe de Campinas já acumula 15 jogos sem derrota e se apoiará neste retrospecto para alcançar a liderança do Campeonato Paulista

Como não poderia deixar de ser, a 16ª rodada do Campeonato Paulista será marcada pelo clássico entre São Paulo e Corinthians. Além de atrair os olhares dos torcedores de toda a Grande São Paulo, o Majestoso de domingo também ganhará a audiência da vice-líder Ponte Preta. Antes de torcer por uma derrota tricolor, porém, a equipe terá de fazer o seu papel e vencer o XV de Piracicaba, às 16 horas (de Brasília), deste sábado, no estádio Barão de Serra Negra.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A partida será a oportunidade para o time ampliar ainda mais o recorde de invencibilidade no Paulistão. A equipe de Campinas já acumula 15 jogos sem derrota e se apoiará neste retrospecto para alcançar a liderança. Com 33 pontos, o clube já se garantirá na ponta com uma vitória simples sobre o XV de Piracicaba. O primeiro lugar, contudo, só será garantido após um tropeço do São Paulo - o Tricolor contabiliza 36 pontos neste momento.

Mesmo com a ambição pontepretana, o elenco sabe que a tarefa neste sábado estará repleta de dificuldades. "Será um jogo difícil, não só porque eles querem vencer, mas também porque a gente está invicto no campeonato e todo mundo quer tirar essa invencibilidade da gente. Mas estamos tranquilos e mantendo o foco", avaliou o atacante Chiquinho.

A escalação alvinegra ainda não foi definida pelo técnico Guto Ferreira e só será oficializada após uma avaliação final do departamento físico. O goleiro Edson Bastos já é desfalque certo para o confronto, uma vez que recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo-SP. O lateral esquerdo Uendel também não apresentou condições de jogo e, lesionado, foi cortado deste duelo.

Leia mais: Técnico da Ponte Preta mantém pés no chão, mas diz: "Quero o título"

Já o XV de Piracicaba ainda sofre com a ameaça da zona do rebaixamento e encara a partida com a Ponte Preta como um verdadeiro clássico do interior de São Paulo. "É um clássico e, como tal, não existe favorito. Apesar do ótimo momento vivido pelo adversário, jogaremos com o apoio de nosso torcedor e podemos conseguir um bom resultado", disse o técnico Edison Só, que, neste momento, comanda o Nhô Quim na 15ª posição, com 15 pontos.

FICHA TÉCNICA
XV DE PIRACICABA X PONTE PRETA

Local: estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba (SP)
Data: 30 de março de 2013, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Braghetto (SP)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo e Leandro Matos Feitosa (ambos de SP)

XV DE PIRACICABA: Thiago Passos; Vinicius Bovi, Pedro Paulo, Luiz Eduardo e Janílson; Glauber, Diego Silva, Fabiano e Adriano Ferreira; Anderson Lessa e Marcelo Soares
Técnico:
Edison Só

PONTE PRETA: Roberto; Artur, Cleber, Ferron e Renan; Baraka, Bruno Silva, Cicinho e Ramírez; Chiquinho e William
Técnico: Guto Ferreira



--------------

Conheça Chrissy Blair e Vanessa Hanson, as novas Ring Girls do UFC
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 30/03/2013 às 05:00:59

iG São Paulo

Em abril, durante a decisão do reality show The Ultimate Fighter 17, elas vão estrear oficialmente como novas Ring Girls do UFC

Considerado o segundo maior campeonato de MMA do mundo, o Strikeforce chegou ao fim em janeiro deste ano, quase dois anos após ser adquirido pela Zuffa, empresa dona do UFC. Com a decisão, vários lutadores do evento foram incorporados pelo UFC. De quebra, para alegria do público masculino, as belas Chrissy Blair e Vanessa Hanson não ficaram desempregadas. Em abril, durante a decisão do TUF 17, elas vão estrear como novas Ring Girls do UFC.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Modelo desde a adolescência, Vanessa Hanson começou a trabalhar no Strikeforce após ganhar o prêmio de TransWorld Surf UFC Model Search 2012. Já Chrissy Blair iniciou a carreira como ring girl após conquistar o Miss TransWorld Motocross 2011 e receber um convite da Zuffa.

Leia mais: Ring Girl do UFC alfineta concorrentes: "Eu e Arianny somos as melhores"

Embora a estreia oficial da dupla esteja marcada para o dia 13 de abril, Chrissy Blair e Vanessa Hanson já tiveram uma experiência no UFC como ring girl convidadas. Enquanto Blair trabalhou no UFC 136, Vanessa foi testada no UFC 136.

Chrissy Blair vai estrear no UFC em abril

Chrissy Blair vai estrear no UFC em abril

Foto: Reprodução

Vanessa Hanson é modelo da Ford Model

Vanessa Hanson é modelo da Ford Model

Foto: Getty Images

Chrissy Blair foi descoberta quando estava na  praia

Chrissy Blair foi descoberta quando estava na praia

Foto: Reprodução

Chrissy Blair e Vanessa Hanson trabalharam  juntas no Strikeforce

Chrissy Blair e Vanessa Hanson trabalharam juntas no Strikeforce

Foto: Reprodução/Strikeforce

Chrissy Blair também trabalhou como modelo na  Europa

Chrissy Blair também trabalhou como modelo na Europa

Foto: Reprodução/Strikeforce

Chrissy Blair e Vanessa Hanson trabalharam  juntas no Strikeforce

Chrissy Blair e Vanessa Hanson trabalharam juntas no Strikeforce

Foto: Reprodução/Strikeforce

Chrissy e Vanessa trabalharam juntas no  Strikeforce

Chrissy e Vanessa trabalharam juntas no Strikeforce

Foto: Reprodução/Strikeforce

Vanessa Hanson começou a carreira como modelo  quando estava no colegial

Vanessa Hanson começou a carreira como modelo quando estava no colegial

Foto: Reprodução/Strikeforce

Chrissy Blair vai trabalhar no UFC

Chrissy Blair vai trabalhar no UFC

Foto: Reprodução



--------------

Alan Kardec está na mira do Palmeiras - Bom Dia Sorocaba
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 29/03/2013 às 20:58:57


Diário de S.Paulo

Alan Kardec está na mira do Palmeiras
Bom Dia Sorocaba
Paulo Nobre confirma interesse em ex-atacante de Santos e Vasco para a disputa da Série B. Atualmente, jogador está no Benfica. Paulo Nobre só soube da goleada sofrida pelo Palmeiras diante do Mirassol na manhã de quinta-feira. O dirigente estava na ...
Palmeiras se interessa e sonda Alan Kardec, mas não abre ...Terra Brasil
Palmeiras confirma interesse em contratar Alan KardecDiário do Grande ABC
Palmeiras interessado em Alan Kardec, do BenficaFutNet
A Bola
todos os 10 artigos »


--------------

Lutando pelos playoffs, Lakers pode ficar sem Steve Nash e Kobe ... - Terra Brasil
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 29/03/2013 às 15:43:31


Diário Digital

Lutando pelos playoffs, Lakers pode ficar sem Steve Nash e Kobe ...
Terra Brasil
Se já não bastasse a derrota para o Milwaukee Bucks na quinta e a possibilidade de perder a oitava posição na Conferência Oeste para o Utah Jazz, o Los Angeles Lakers ainda pode contar com dois desfalques importantíssimos para o duelo deste sábado ...
Lakers perde fora e vê vaga nos playoffs seguir ameaçadaDiário do Grande ABC
Lakers vence Timberwolves e segue na briga pela oitava colocaçãoVavel.com
Lakers somam novo desaireRecord
O Jogo
todos os 17 artigos »


--------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário