Pesquisar este blog

quarta-feira, 6 de março de 2013

Notícias até 06-03-2013 às 07:09:16

Gilson Kleina esconde escalação do Palmeiras diante do Tigre - Jornal de Uberaba
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 06/03/2013 às 06:02:18


Jornal de Uberaba

Gilson Kleina esconde escalação do Palmeiras diante do Tigre
Jornal de Uberaba
Gilson Kleina não permitiu o acesso de jornalistas ao treinamento tático do Palmeiras na manhã de segunda-feira na Academia de Futebol. Desta forma, o treinador esconde o time para o duelo contra o Tigre, hoje, às 19h45 (de Brasília), na Argentina.
Palmeiras espera clima hostil na Argentina para duelo com o TigreDiário de Marília
Palmeiras enfrenta o Tigre na ArgentinaBem Parana
Valdivia fica fora de treino, mas não preocupa PalmeirasDiário do Grande ABC
FutNet -Portal Bragança Notícias -Terra Brasil
todos os 75 artigos »


--------------

Thunder voltam a colocar Lakers com saldo negativo - A Bola
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 06/03/2013 às 05:47:22


A Bola

Thunder voltam a colocar Lakers com saldo negativo
A Bola
Exibição de classe dos Oklahoma City Thunder sobre os LA Lakers, terminando mais um encontro da fase regular com folgada vitória (122-105) e um novo recorde de equipa com menos perdas de bola (2) num jogo da NBA. Primeira parte dominada pela ...
Thunder recolocam Lakers no negativoRecord
NBA: Lakers tropeçam em Oklahoma e vêem menos nítido sonho ...Diário Digital
Kobe decide, e Lakers batem Hawks em casa; Pacers vencem BullsTerra Brasil
Fox Sports -ESPN.Estadao -AHE! Portal de Esportes Olímpicos
todos os 19 artigos »


--------------

Grêmio goleia e assume liderança do grupo 8 - Terra Brasil
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 06/03/2013 às 05:17:30


Portal Bragança Notícias

Grêmio goleia e assume liderança do grupo 8
Terra Brasil
O Grêmio goleou na noite de terça-feira o Caracas por 4-1 e assumiu a liderança do Grupo 8 da Copa Libertadores da América. Com gols do argentino Hernán Barcos, Werley e Zé Roberto (2), o Grêmio não teve dificuldades para superar o time ...
Grêmio goleia o Caracas na Arena e lidera grupo na LibertadoresGazeta Esportiva
Após brilhar e marcar dois, Zé Roberto fala em seleção: 'Por que não?'ESPN.Estadao
Zé Roberto faz dois e goleada em casa quebra jejum de mandantes ...Goal.com
veja.com -Diário do Grande ABC -Zero Hora
todos os 103 artigos »


--------------

Ronaldo e jogos no estádio fizeram gringos do NBB torcerem pelo Corinthians
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 06/03/2013 às 05:00:18

Luís Araújo

Nascidos nos EUA, o armador Larry Taylor e o ala Shamell têm em comum a paixão pelo clube, mas divergem sobre chances de título na Libertadores sem torcida

O armador Larry Taylor e o ala Shamell não têm em comum apenas o fato de serem jogadores de 32 anos de idade, nascidos nos EUA e que hoje fazem sucesso no basquete brasileiro. Durante o tempo em que vivem no país, ambos tomaram gosto pelo futebol e se tornaram torcedores do Corinthians.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A paixão de Larry pelo clube foi motivada pelo fato de o maior artilheiro da história das Copas do Mundo ter vestido a camisa 9 do time na época. ?Quando cheguei ao Brasil, todo mundo tinha um time para torcer, menos eu. Então, comecei a acompanhar o noticiário e vi que o Ronaldo estava no Corinthians. Ele era o único jogador que eu conhecia. Foi quando decidi que seria corintiano. Depois ele saiu, mas eu continuei torcendo?, conta o armador, que defende o Bauru desde a temporada 2008/09 do NBB e se naturalizou brasileiro no último ano.

Leia ainda: Heróis do bi mundial de basquete terão feito registrado em documentário

A história de Shamell com o Corinthians teve início um pouco mais cedo. ?O ataque era formado por Tevez e Nilmar. Tinha o Masherano, também. Era 2005 ou 2006?, lembra o ala do Pinheiros, que chegou ao Brasil em 2004. Ele se recorda ainda que, para provocar a mulher corintiana na época, se dizia palmeirense. Mas tudo mudou completamente de figura quando passou a frequentar os estádios: ?Fui ver jogos de Santos, São Paulo e Palmeiras. Nenhum me empolgou. Quando fui assistir ao Corinthians, me arrepiei.?

Confira: NBA confirma Bulls x Wizards no dia 12 de outubro, no Rio de Janeiro

Ir ao estádio para ver o time de perto é uma experiência que Larry ainda não vivenciou. ?Nunca fui, mas tenho muita vontade de ir. Espero ter a chance em breve. Tenho uma camisa do Corinthians em casa, com meu nome atrás. Quando for, vou como torcedor, mas estarei pronto para jogar também?, brinca.

Veja também: "Em casa", Nezinho vive situação oposta após clima hostil em Franca

Se quiser fazer a sua estreia em estádios na Libertadores, Larry terá de esperar pelo menos um ano. Isso porque o Corinthians foi punido pela Conmebol pela morte do boliviano Kevin Espada e terá de jogar sem público até o fim da edição deste ano. Shamell acredita que a impossibilidade de contar com a torcida dificultará bastante a busca pelo bicampeonato continental.

?Ganhamos um jogo agora (contra o Millonarios, por 2 a 0), mas vai ser duro sem torcida. Ela faz a diferença. Quando o time do Corinthians não joga bem, ela apoia e ajuda a melhorar?, analisa. ?Fico muito triste por isso que aconteceu fora do Brasil. Não precisava disso. Algumas pessoas têm uma visão negativa e fazem piada com a torcida do Corinthians por coisas assim. O time acabou de ser campeão da Libertadores, fazia tudo certo. Uma coisa dessa acaba com a festa?, completa o ala.

E mais: Apesar das lesões, Magnano conta com jogadores da NBA para a Copa América

Por julgar que a equipe comandada por Tite está um pouco mais forte em relação ao último ano, Larry minimiza a punição e se mantém otimista com uma nova conquista da Libertadores: ?Estou confiante, mesmo sem torcida. Eles sabem que a gente está torcendo de longe. Estamos no coração deles?, afirma.



--------------

Ronaldo e jogos no estádio fizeram gringos do NBB torcerem pelo Corinthians
Fonte: IG Esporte
Horário da matéria: 06/03/2013 às 05:00:18

Luís Araújo

Nascidos nos EUA, o armador Larry Taylor e o ala Shamell têm em comum a paixão pelo clube, mas divergem sobre chances de título na Libertadores sem torcida

O armador Larry Taylor e o ala Shamell não têm em comum apenas o fato de serem jogadores de 32 anos de idade, nascidos nos EUA e que hoje fazem sucesso no basquete brasileiro. Durante o tempo em que vivem no país, ambos tomaram gosto pelo futebol e se tornaram torcedores do Corinthians.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A paixão de Larry pelo clube foi motivada pelo fato de o maior artilheiro da história das Copas do Mundo ter vestido a camisa 9 do time na época. ?Quando cheguei ao Brasil, todo mundo tinha um time para torcer, menos eu. Então, comecei a acompanhar o noticiário e vi que o Ronaldo estava no Corinthians. Ele era o único jogador que eu conhecia. Foi quando decidi que seria corintiano. Depois ele saiu, mas eu continuei torcendo?, conta o armador, que defende o Bauru desde a temporada 2008/09 do NBB e se naturalizou brasileiro no último ano.

Leia ainda: Heróis do bi mundial de basquete terão feito registrado em documentário

A história de Shamell com o Corinthians teve início um pouco mais cedo. ?O ataque era formado por Tevez e Nilmar. Tinha o Masherano, também. Era 2005 ou 2006?, lembra o ala do Pinheiros, que chegou ao Brasil em 2004. Ele se recorda ainda que, para provocar a mulher corintiana na época, se dizia palmeirense. Mas tudo mudou completamente de figura quando passou a frequentar os estádios: ?Fui ver jogos de Santos, São Paulo e Palmeiras. Nenhum me empolgou. Quando fui assistir ao Corinthians, me arrepiei.?

Confira: NBA confirma Bulls x Wizards no dia 12 de outubro, no Rio de Janeiro

Ir ao estádio para ver o time de perto é uma experiência que Larry ainda não vivenciou. ?Nunca fui, mas tenho muita vontade de ir. Espero ter a chance em breve. Tenho uma camisa do Corinthians em casa, com meu nome atrás. Quando for, vou como torcedor, mas estarei pronto para jogar também?, brinca.

Veja também: "Em casa", Nezinho vive situação oposta após clima hostil em Franca

Se quiser fazer a sua estreia em estádios na Libertadores, Larry terá de esperar pelo menos um ano. Isso porque o Corinthians foi punido pela Conmebol pela morte do boliviano Kevin Espada e terá de jogar sem público até o fim da edição deste ano. Shamell acredita que a impossibilidade de contar com a torcida dificultará bastante a busca pelo bicampeonato continental.

?Ganhamos um jogo agora (contra o Millonarios, por 2 a 0), mas vai ser duro sem torcida. Ela faz a diferença. Quando o time do Corinthians não joga bem, ela apoia e ajuda a melhorar?, analisa. ?Fico muito triste por isso que aconteceu fora do Brasil. Não precisava disso. Algumas pessoas têm uma visão negativa e fazem piada com a torcida do Corinthians por coisas assim. O time acabou de ser campeão da Libertadores, fazia tudo certo. Uma coisa dessa acaba com a festa?, completa o ala.

E mais: Apesar das lesões, Magnano conta com jogadores da NBA para a Copa América

Por julgar que a equipe comandada por Tite está um pouco mais forte em relação ao último ano, Larry minimiza a punição e se mantém otimista com uma nova conquista da Libertadores: ?Estou confiante, mesmo sem torcida. Eles sabem que a gente está torcendo de longe. Estamos no coração deles?, afirma.



--------------

Para encaminhar vaga, Fluminense recebe Huachipato no Engenhão
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 06/03/2013 às 05:00:18

iG São Paulo

Apesar da vitória por 2 a 1 no Chile na última semana, jogadores brasileiros não admitem favoritismo para duelo desta quarta pela Libertadores

Superar a eliminação da Taça Guanabara diante do Vasco e deixar a classificação para as oitavas de final da Libertadores bem encaminhada. Esses são os objetivos do Fluminense nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no duelo diante do Huachipato. O clube carioca soma seis pontos no Grupo 8, três a mais que os chilenos. Na última semana, ambos se enfrentaram no Chile. Os brasileiros ganharam por 2 a 1.

A vitória na casa do adversário credencia o Fluminense ao posto de favorito absoluto para o duelo do Engenhão. Porém, na visão dos jogadores brasileiros, os dois jogos não deverão ser comparados e eles esperam muitos problemas pela frente.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Vai ser um jogo complicado, como todos na Libertadores. O Huachipato tem um bom time, nos deu muito trabalho na semana passada e vai querer fazer um jogo equilibrado no Brasil. Não podemos entrar em campo acomodados, achando que já ganhamos por conta da vitória no Chile. Se isso acontecer vamos ser surpreendidos. Temos que tratar o jogo com a seriedade que ele merece, já que nosso rival não chegou até aqui por acaso", analisou o lateral esquerdo Carlinhos.

Independentemente das dificuldades do duelo, o técnico Abel Braga deixou seus jogadores cientes de que a vitória se tornou uma obrigação depois da eliminação para o Vasco, uma vez que a participação do Fluminense no Campeonato Carioca foi muito sacrificada pelo fato de o time estar priorizando a Libertadores.

"Quarta-feira se tornou para nós o jogo mais importante do ano. Não adianta negar, pois é a competição que o Fluminense prioriza. Estamos tratando esta partida diante do Huachipato como se fosse uma decisão, o que de fato ela é, pois a vitória nos deixará em muito boas condições para a classificação", ressaltou Abel.

Para este jogo Abel Braga terá o retorno do zagueiro Leandro Euzébio, vetado contra o Vasco por conta de dores no tornozelo esquerdo. O jogador se recuperou e vai formar dupla com Gum. A notícia é um alívio para o treinador, já que Anderson, que atuou diante dos vascaínos, sofreu um estiramento na coxa esquerda e sequer será relacionado.

Pelo lado do Huachipato, o técnico Jorge Pellicer acredita que seu time precisa aprender as lições da derrota para o Fluminense na semana passada.

"Contra o Fluminense na semana passada sofremos com alguns momentos de apagão e fomos castigados. Não podemos errar contra um adversário que tem tanta qualidade e jogadores capazes de desequilibrar o confronto. Isso deve servir de alerta para os nossos jogadores no Rio de Janeiro", destacou o comandante.

Jorge Pellicer não quis antecipar a escalação que pretende mandar a campo e está abusando do mistério, mas não terá muito como fugir de manter a base que foi derrotada na semana passada.No fim de semana, pelo Campeonato Chileno, o Huachipato, em casa, venceu o Deportes Iquique por 2 a 1 e aparece na 14ª posição com cinco pontos conquistados.

FICHA TÉCNICA FLUMINENSE X HUACHIPATO
Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 6 de março de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: German Delfino (Argentina)
Assistentes: Diego Bonfa (Argentina) e Gustavo Rossi (Argentina)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean, Deco e Thiago Neves; Wellington Nem e Fred
Técnico: Abel Braga

HUACHIPATO: Nery Veloso, Claudio Muñoz, Carlos Labrín e Miguel Aceval; Mauricio Yedro, Lorenzo Reyes, Nicolas Núñez, Nicolás Crovetto e Martín Rodríguez; Braian Rodríguez e Federico Falcone
Técnico: Jorge Pellicer

*Com Gazeta



--------------

Sem Ibra e com Thiago Silva, PSG recebe Valencia por vaga nas quartas de final
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 06/03/2013 às 05:00:18

iG São Paulo

Time francês ganhou na Espanha o jogo de ida pelas oitavas da Liga dos Campeões. Juventus também venceu Celtic como visitante e está perto da vaga

Depois de vencer o jogo de ida por 2 a 1, o Paris Saint-Germain recebe o Valencia nesta quarta-feira para decidir quem garante uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões. Com o placar conquistado na primeira partida, a equipe parisiense pode perder por até 1 a 0 que ainda se classifica.

Mas o PSG que venceu o Valencia há duas semanas será diferente da equipe que entra em campo nesta quarta. Principal jogador da equipe, Ibrahimovic foi expulso no confronto da Espanha e dá lugar a Gameiro. Verratti, também suspenso, deve ser substituído por Beckham - que pode fazer sua primeira partida na competição desde 2010 - ou Chantôme.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Por outro lado, o zagueiro brasileiro Thiago Silva, recuperado de lesão na coxa esquerda, volta à equipe principal. Com a braçadeira de capitão, o defensor completa, ao lado do ex-são paulino Lucas e do lateral esquerdo Maxwell, a lista dos brasileiros titulares do PSG.

"Thiago Silva é um grande jogador, se recuperou e está trabalhando muito bem. Ele vai jogar e usar a qualidade técnica que tem para ajudar a equipe. Ele também é importantíssimo para motivar o nosso time, que quando joga de maneira coletiva é muito mais perigosa", elogiou o técnico Carlo Ancelotti.

Do lado do Valencia, os problemas de escalação se concentram na defesa. Ricardo Costa e Rami, lesionados, dão lugar a Víctor Ruiz e Mathieu como dupla de zaga. Na frente, o atacante brasileiro Jonas tenta manter a boa fase - ele marcou três gols nos últimos dois jogos - e comanda o ataque da equipe, enquanto o goleiro Diego Alves começa no banco de reservas por opção técnica.

"Temos que atacar, já que estamos em desvantagem e não nos basta marcar um gol. Mas também não podemos nos esquecer da defesa, já que sem o Ibra eles terão jogadores muito rápidos na frente. Temos que conseguir fazer as duas coisas ao mesmo tempo", disse o técnico Ernesto Valverde.

Com vaga encaminhada, Juventus recebe Celtic

A vitória por 3 a 0 na Escócia, deixou a Juventus com um pé nas quartas-de-final da Liga dos Campeões. Ciente do favoritismo na partida de volta, disputada às 16h45 (de Brasília) desta quarta-feira, o time italiano evita o "salto alto" para não ser surpreendido em casa pelo Celtic.

"O futebol sempre pode reservar surpresas. Precisamos encarar a partida com concentração e determinação. O Celtic é um time em ótima condição física e pode trazer perigo de várias maneiras, então precisamos estar alertas. Sabemos o que fizemos para chegar até aqui e queremos avançar ainda mais. Então precisamos dar tudo de nós", analisou o técnico Antonio Conte.

*Com Gazeta



--------------

?Na bola?, Palmeiras tenta afundar de vez o Tigre para não se complicar
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 06/03/2013 às 05:00:18

iG São Paulo

Depois de ser derrotado pelo Libertad na última rodada, time de Gilson Kleina visita a Argentina buscando recuperar força no Gruipo 2 da Libertadores

O espírito de Libertadores invadiu o Palestra Itália e levou a partida das 19h45 (de Brasília) desta quarta-feira, entre Palmeiras e Tigre, a adotar todos os contornos de uma verdadeira batalha entre Brasil e Argentina. Em meio ao clima de revanche incorporado pela equipe do técnico Néstor Gorosito, o clube paulista tentará focar somente em seus objetivos dentro de campo, para afundar o rival em pleno Monumental Victoria e recuperar a força no Grupo 2 do torneio continental.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Tigre se tornou conhecido após alcançar a final da última edição da Copa Sul-Americana e se envolver em uma profunda polêmica com o São Paulo. Os argentinos entraram em conflito com seguranças brasileiros nos vestiários do Morumbi, e se negaram a disputar o segundo tempo do duelo. Após aguardar em vão o retorno de seus adversários, o São Paulo foi nomeado campeão por W.O. e desencadeou uma intensa troca de acusações nos meses que se seguiram.

Mesmo sem ter se envolvido no episódio, o Palmeiras teme pela relação estremecida com os times brasileiros e levou o zagueiro Maurício Ramos a dizer que o clube se preparava para uma guerra. A diretoria, contudo, adotou uma postura menos radical e evitou a troca de farpas com os rivais. O gerente de futebol Omar Feitosa embarcou contrariado para a Argentina e repreendeu os jornalistas e torcedores que, segundo ele, estavam "fomentando a violência ao invés de falar sobre um jogo de futebol".

Assim como o dirigente, o atacante Maikon Leite amenizou a situação e garantiu que o Palmeiras só pensa nos três pontos. O atleta será uma das novidades de Gilson Kleina e formará dupla de ataque com Kleber. "Esse clima é normal. Em Libertadores todos sabem que é diferente, Argentina e Brasil todos sabem como é. Mas temos que nos preocupar só em jogar. Procurar a vitória e evitar confusão e esses problemas aí", opinou.

Além de mexer no ataque, Kleina modificou o time para suprir o desfalque de Souza. Com a lesão do volante, Valdivia foi o escolhido para iniciar o jogo como titular. O armador entrou no segundo tempo da derrota por 2 a 0 para o Libertad, em Assunção, e não construiu nenhuma jogada de perigo. Agora, com a ansiedade da estreia fora do Brasil superada, o elenco espera que não só o camisa 10, mas todo o time recupere a postura aguerrida do jogo contra o Sporting Cristal, vencido por 2 a 1, no Pacaembu.

"A expectativa é muito boa. Nós tivemos a experiência de jogar fora e sabemos a dificuldade que vamos enfrentar. Estamos preparados para uma partida difícil e vamos tentar sair com a vitória", comentou Henrique, apoiado pelo meia Wesley. "Temos que procurar passar essa experiência, mas a maioria do grupo já vivenciou situações como essas. Libertadores é assim e a gente tem que ter tranquilidade para passar por cima dos obstáculos."

O ponto favorável para o Palmeiras se concentra no péssimo desempenho do Tigre nas duas primeiras rodadas do torneio continental. A equipe perdeu para o Libertad, dentro de casa, e sucumbiu perante o Sporting Cristal, em Lima, no Peru. Sem nenhum ponto somado, o clube ocupa a lanterna do Grupo 2, mas poderá igular os três pontos dos brasileiros com uma vitória. E é este o motivo que faz os palmeirenses manterem o sinal de alerta ligado.

"Vai ser um jogo difícil. Sabemos das dificuldades que encontraremos e vamos nos preparar muito bem para esse duelo. A gente sabe que o Tigre vem de duas derrotas e vai ser um jogo muito importante. Eles vão querer a vitória dentro de casa, mas nós estamos bem preparados para combater isso", pontuou Marcelo Oliveira, que, na ausência do barrado Juninho, seguirá improvisado como lateral esquerdo.

FICHA TÉCNICA - TIGRE-ARG X PALMEIRAS
Local: Estádio Monumental Victoria, em San Fernando (Argentina)
Data: 06 de março de 2013, quarta-feira
Horário: 19h45 (de Brasília)
Árbitro: Omar Ponce (EQU)
Assistentes: Luis Alvarado e Carlos Herrera (EQU)

TIGRE: Cousillas; Paparatto, Echeverría, Orban e Galmarini; Ferreira, Peñalba, Rusculleda, Botta e Matías García; Santander
Técnico: Néstor Gorosito

Palmeiras: Fernando Prass; Ayrton, Henrique, Mauricio Ramos e Marcelo Oliveira; Vilson, Márcio Araújo, Wesley e Valdivia; Maikon Leite (Vinicius) e Kleber
Técnico: Gilson Kleina

*Com Gazeta



--------------

Palmeiras B dá prejuízo de R$ 35 mil em cinco jogos na Série A3
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 06/03/2013 às 05:00:18

Pedro Taveira

Clube perde dinheiro em todos jogos como mandante. Gerente executivo minimiza e diz que prioridade é dar rodagem a jogadores não utilizados no time principal e novatos

O time B do Palmeiras vem dando prejuízo ao clube na temporada 2013. Em cinco partidas que já disputou como mandante na Série A3 do Campeonato Paulista, a equipe acumula público total de 147 torcedores pagantes e prejuízo líquido de mais de R$ 35 mil.

A estreia em casa foi na segunda rodada da Série A3. O empate por 1 a 1 com o Barretos na Rua Javari, estádio do Juventus que é utilizado pelo Palmeiras B, foi acompanhado por 67 torcedores. As despesas com aluguel de campo, ambulância, fiscalização, policiamento, manutenção e impostos geraram um prejuízo de R$ 1.716,58.

Os jogos seguintes, vitória sobre o Guaçuano e derrota para o Votuporanguense, foram realizados com os portões fechados por conta de uma interdição na Rua Javari, de acordo com a FPF (Federação Paulista de Futebol). Pior para o clube do Palestra Itália, que, sem receita alguma nestes duelos, teve prejuízos de R$ 8.339,96 e R$ 8.185,00, respectivamente.

Os torcedores puderam voltar a acompanhar o time diante do São Vicente na sétima rodada. Mas a derrota por 1 a 0 foi assistida por apenas 50 testemunhas e o Palmeiras perdeu mais R$ 9.173,01. O revés por 3 a 1 para o Joseense na semana seguinte foi ainda pior: público pagante de 30 torcedores e R$ 8.137,80 a menos na conta.

ADVERSÁRIODATAPÚBLICOPREJUÍZO
Barretos30/01/201367R$ 1.716,58
Guaçuano09/02/2013Portões fechadosR$ 8.339,96
Votuporanguense16/02/2013Portões fechadosR$ 8.185,00
São Vicente23/02/201350R$ 9.173,01
Joseense27/02/201330R$ 8.137,80


Clube minimiza prejuízo
Mas, na visão do recém-nomeado diretor executivo do Palmeiras José Carlos Brunoro, a questão financeira fica em segundo plano. Segundo o dirigente, o aspecto técnico é o mais relevante com relação à equipe B.

?A questão não é déficit. É um time para fazer com que jogadores que não são utilizados no profissional ou que estão sendo testados tenham rodagem?, explicou Brunoro.

O dirigente, porém, disse não saber se a equipe criada em 2000 será mantida em um futuro próximo. Ele afirmou que a atual diretoria palmeirense ainda irá avaliar a ?validade técnica? do time.

O Palmeiras B ocupava a zona de rebaixamento da Série A3 até o último final de semana. Após nove rodadas e vitória por 2 a 0 sobre o América no sábado, a equipe subiu para a 13ª colocação, com 10 pontos conquistados.




--------------

Grêmio goleia Caracas e lidera o grupo do Flu na Libertadores - Terra Brasil
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 06/03/2013 às 04:22:34


Portal Bragança Notícias

Grêmio goleia Caracas e lidera o grupo do Flu na Libertadores
Terra Brasil
O Grêmio não respeitou o luto do Caracas pela morte do presidente Hugo Chávez e venceu nesta terça-feira, na Arena, por 4 a 1, assumindo a liderança do grupo 8 da Taça Libertadores após três rodadas. Os gols do tricolor gaúcho foram marcados por ...
Grêmio goleia o Caracas na Arena e lidera grupo na LibertadoresGazeta Esportiva
Após brilhar e marcar dois, Zé Roberto fala em seleção: 'Por que não?'ESPN.Estadao
Com adversário de luto por Chávez, Grêmio goleia na Arenaveja.com
Goal.com -Diário do Grande ABC -Zero Hora
todos os 102 artigos »


--------------

Grêmio goleia Caracas e lidera o grupo do Flu na Libertadores
Fonte: Terra - Esporte
Horário da matéria: 06/03/2013 às 04:22:11

O Grêmio não respeitou o luto do Caracas pela morte do presidente Hugo Chávez e venceu nesta terça feira, na Arena, por 4 a 1, assumindo a liderança do grupo 8 da Taça Libertadores após três rodadas.

--------------

Elenco do Flamengo se reapresenta após eliminação frustrante - Terra Brasil
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 05/03/2013 às 19:11:11


Yahoo

Elenco do Flamengo se reapresenta após eliminação frustrante
Terra Brasil
Até o início da tarde de domingo, o Flamengo era o grande favorito à conquista da Taça Guanabara. A equipe rubro-negra terminou a primeira fase com a melhor campanha, mas acabou caindo na semifinal por 2 a 0 diante do Botafogo. E depois de um dia ...
Botafogo quebra tabu contra Fla no Engenhão e fará finalDiário do Grande ABC
Botafogo vence o Flamengo e decide Taça Guanabara com o VascoGazeta Esportiva
Botafogo faz 2 a 0 no Flamengo e vai disputar a final da Taça ...Globo.com
Jornal do Brasil -Goal.com -Superesportes
todos os 183 artigos »


--------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário