Pesquisar este blog

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Notícias até 27-02-2013 às 06:16:02

Algoz na última derrota internacional do Corinthians ignora Tolima em reencontro
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 27/02/2013 às 05:01:21

Bruno Winckler

Hernán Torres comanda o Millonarios na partida desta quarta-feira contra o Corinthians e tenta repetir feito que já completou dois anos

Já são 15 jogos. Oito vitórias e sete empates. Esta é a sequência de invencibilidade do Corinthians na Libertadores. Nesta quarta-feira, Hernán Torres, o técnico que impôs a última derrota da equipe de Tite em Libertadores reencontrará o Pacaembu, onde empatou em 0 a 0 há dois anos com o Tolima.

Millonarios não vê vantagem em jogar sem torcida do Corinthians no Pacaembu

Na semana seguinte a este jogo, em Ibagué, na Colômbia, o 2 a 0 dos donos da casa eliminou o Corinthians, antecipou a aposentadoria de Ronaldo, e ficou marcada como o último revés internacional do atual campeão invicto da Libertadores e do mundo após duas vitórias no Japão.

Leia mais: Conmebol recusa apelação e Corinthians jogará com portões fechados

Para Torres, que há dois anos ficou exultante com o triunfo contra o Corinthians, o feito ficou no passado, mesmo ainda reservando ótimas lembranças. Nascido em Ibagué, ex-goleiro do Tolima e por quatro anos técnico da equipe, o feito é sempre festejado pelos seus conterrâneos.

?Ficou marcado, é uma história muito bonita, todos vão lembrar, mas é algo que ficou no passado. Não posso me prender àquela vitória achando que ela vai fazer diferença no jogo de agora. Estou no Millonarios, se passaram dois anos, e agora a realidade é outra?, disse Torres, no CT do São Paulo, pouco depois de comandar o último treino antes da partida contra o Corinthians

Torres avalia a vitória do Tolima em 2001 como um feito importante para sua carreira, mas o título do Campeonato Colombiano conseguido com o Millonarios no ano passado após 24 anos de jejum foi até agora o maior momento da sua vida de treinador, iniciada em 2007 no Tolima, onde ficou até o final de 2011. "Grandes vitórias contra grandes times sempre marcam, mas títulos sempre prevalecem", disse.

Entre as grandes vitórias do currículo do técnico de 52 anos, estão outras duas eliminações de times brasileiros em torneio continental. Na Sul-Americana de 2012, o Millonarios chegou às semifinais da competição depois de eliminar Palmeiras (1 a 3 em São Paulo e 3 a 0 em Bogotá) e Grêmio (0 a 1 em Porto Alegre e 3 a 1 em Bogotá). 

"Os times brasileiros são muito técnicos, rápidos e sempre complicados de se enfrentar. Temos de ir além do que já fizemos para conseguir um bom resultado", comentou Torres. O Millonarios estreou na Libertadores há uma semana e perdeu em casa para o Tijuana. 



--------------

Algoz na última derrota internacional do Corinthians ignora Tolima em reencontro
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 27/02/2013 às 05:01:21

Bruno Winckler

Hernán Torres comanda o Millonarios na partida desta quarta-feira contra o Corinthians e tenta repetir feito que já completou dois anos

Já são 15 jogos. Oito vitórias e sete empates. Esta é a sequência de invencibilidade do Corinthians na Libertadores. Nesta quarta-feira, Hernán Torres, o técnico que impôs a última derrota da equipe de Tite em Libertadores reencontrará o Pacaembu, onde empatou em 0 a 0 há dois anos com o Tolima.

Millonarios não vê vantagem em jogar sem torcida do Corinthians no Pacaembu

Na semana seguinte a este jogo, em Ibagué, na Colômbia, o 2 a 0 dos donos da casa eliminou o Corinthians, antecipou a aposentadoria de Ronaldo, e ficou marcada como o último revés internacional do atual campeão invicto da Libertadores e do mundo após duas vitórias no Japão.

Leia mais: Conmebol recusa apelação e Corinthians jogará com portões fechados

Para Torres, que há dois anos ficou exultante com o triunfo contra o Corinthians, o feito ficou no passado, mesmo ainda reservando ótimas lembranças. Nascido em Ibagué, ex-goleiro do Tolima e por quatro anos técnico da equipe, o feito é sempre festejado pelos seus conterrâneos.

?Ficou marcado, é uma história muito bonita, todos vão lembrar, mas é algo que ficou no passado. Não posso me prender àquela vitória achando que ela vai fazer diferença no jogo de agora. Estou no Millonarios, se passaram dois anos, e agora a realidade é outra?, disse Torres, no CT do São Paulo, pouco depois de comandar o último treino antes da partida contra o Corinthians

Torres avalia a vitória do Tolima em 2001 como um feito importante para sua carreira, mas o título do Campeonato Colombiano conseguido com o Millonarios no ano passado após 24 anos de jejum foi até agora o maior momento da sua vida de treinador, iniciada em 2007 no Tolima, onde ficou até o final de 2011. "Grandes vitórias contra grandes times sempre marcam, mas títulos sempre prevalecem", disse.

Entre as grandes vitórias do currículo do técnico de 52 anos, estão outras duas eliminações de times brasileiros em torneio continental. Na Sul-Americana de 2012, o Millonarios chegou às semifinais da competição depois de eliminar Palmeiras (1 a 3 em São Paulo e 3 a 0 em Bogotá) e Grêmio (0 a 1 em Porto Alegre e 3 a 1 em Bogotá). 

"Os times brasileiros são muito técnicos, rápidos e sempre complicados de se enfrentar. Temos de ir além do que já fizemos para conseguir um bom resultado", comentou Torres. O Millonarios estreou na Libertadores há uma semana e perdeu em casa para o Tijuana. 



--------------

Após morte, Corinthians recebe Millonarios e testa força sem torcida
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 27/02/2013 às 05:00:21

iG São Paulo

De acordo com o técnico Tite, o importante na primeira das partidas sem público do time na Libertadores será manter o equilíbrio

No histórico ano passado do Corinthians, até no Japão o time pôde contar com o apoio constante e impressionante da torcida. Nesta quarta-feira, dentro do Pacaembu que chorou a conquista Libertadores de 2012, o time comandado por Tite terá de se virar sem a torcida diante do Millonarios, a partir das 22 horas.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A morte do boliviano Kevin Espada, torcedor de 14 anos do San José ? causada por um sinalizador que, apontam os indícios, partiu da torcida corintiana em Oruro ?, fez a Conmebol punir preventivamente o clube do Parque São Jorge. Até que o caso seja julgado, em um prazo de 60 dias, o atual campeão da Libertadores vai atuar em casa com os portões fechados e não receberá cota de ingressos nos compromissos como visitante.

Na primeira dessas partidas com o Pacaembu sem público, o importante, de acordo com o técnico Tite e com os próprios jogadores, será manter o equilíbrio. Eles não desprezam a importância dos torcedores, mas sabem que a qualidade técnica do Corinthians é superior à do Millonarios.

?As coisas são mais difíceis para o Corinthians mesmo. Estamos acostumados, vamos superar mais essa. Nunca atuei com portões fechados, deve ser muito difícil, mas vamos fazer esse sacrifício para ganhar o jogo, que é superimportante?, afirmou o volante Paulinho.

Após o empate na Bolívia na primeira rodada, o Corinthians precisa de uma vitória para ficar em situação mais tranquila no Grupo 5 da Libertadores. O resultado é ainda mais urgente para os colombianos, derrotados em casa pelo mexicano Tijuana na semana passada.

?Temos de esquecer toda a situação criada e pensar no jogo porque perdemos em Bogotá e precisamos de um resultado positivo?, disse o técnico Hernán Torres, velho conhecido do Tite e do Corinthians. Foi sob seu comando que o Tolima surpreendeu o Corinthians na primeira fase da Libertadores de 2011.

?A situação é outra agora. Vamos enfrentar um grande rival, uma grande equipe, o campeão do mundo. Eles têm um grande técnico, que já mostrou a sua capacidade. Sabemos que não vai ser fácil?, concluiu o comandante do Millonarios.

Para evitar nova surpresa colombiana, Tite escalou pela primeira vez Alexandre Pato em uma partida sem que houvesse atletas de frente poupados. Com Jorge Henrique machucado e Emerson em baixa por seguidos atrasos, o ex-atacante do Milan e o meia Renato Augusto ganharam espaço no time.

FICHA TÉCNICA - CORINTHIANS X MILLONARIOS
Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 27 de fevereiro de 2013, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Néstor Pitana (ARG)
Assistentes: Hernán Maidana (ARG) e Diego Bonfa (ARG)

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Renato Augusto e Danilo; Alexandre Pato e Guerrero
Técnico: Tite

MILLONARIOS: Luis Delgado; Lewis Ochoa, Pedro Franco, Ignacio Ithurralde (Anderson Zapata) e Jarold Martínez; Rafael Robayo, Elkin Blanco, Hárrison Otálvaro e Máyer Candelo; Wason Rentería e Fredy Montero
Técnico: Hernán Torres

*Com Gazeta



--------------

Após morte, Corinthians recebe Millonarios e testa força sem torcida
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 27/02/2013 às 05:00:21

iG São Paulo

De acordo com o técnico Tite, o importante na primeira das partidas sem público do time na Libertadores será manter o equilíbrio

No histórico ano passado do Corinthians, até no Japão o time pôde contar com o apoio constante e impressionante da torcida. Nesta quarta-feira, dentro do Pacaembu que chorou a conquista Libertadores de 2012, o time comandado por Tite terá de se virar sem a torcida diante do Millonarios, a partir das 22 horas.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A morte do boliviano Kevin Espada, torcedor de 14 anos do San José ? causada por um sinalizador que, apontam os indícios, partiu da torcida corintiana em Oruro ?, fez a Conmebol punir preventivamente o clube do Parque São Jorge. Até que o caso seja julgado, em um prazo de 60 dias, o atual campeão da Libertadores vai atuar em casa com os portões fechados e não receberá cota de ingressos nos compromissos como visitante.

Na primeira dessas partidas com o Pacaembu sem público, o importante, de acordo com o técnico Tite e com os próprios jogadores, será manter o equilíbrio. Eles não desprezam a importância dos torcedores, mas sabem que a qualidade técnica do Corinthians é superior à do Millonarios.

?As coisas são mais difíceis para o Corinthians mesmo. Estamos acostumados, vamos superar mais essa. Nunca atuei com portões fechados, deve ser muito difícil, mas vamos fazer esse sacrifício para ganhar o jogo, que é superimportante?, afirmou o volante Paulinho.

Após o empate na Bolívia na primeira rodada, o Corinthians precisa de uma vitória para ficar em situação mais tranquila no Grupo 5 da Libertadores. O resultado é ainda mais urgente para os colombianos, derrotados em casa pelo mexicano Tijuana na semana passada.

?Temos de esquecer toda a situação criada e pensar no jogo porque perdemos em Bogotá e precisamos de um resultado positivo?, disse o técnico Hernán Torres, velho conhecido do Tite e do Corinthians. Foi sob seu comando que o Tolima surpreendeu o Corinthians na primeira fase da Libertadores de 2011.

?A situação é outra agora. Vamos enfrentar um grande rival, uma grande equipe, o campeão do mundo. Eles têm um grande técnico, que já mostrou a sua capacidade. Sabemos que não vai ser fácil?, concluiu o comandante do Millonarios.

Para evitar nova surpresa colombiana, Tite escalou pela primeira vez Alexandre Pato em uma partida sem que houvesse atletas de frente poupados. Com Jorge Henrique machucado e Emerson em baixa por seguidos atrasos, o ex-atacante do Milan e o meia Renato Augusto ganharam espaço no time.

FICHA TÉCNICA - CORINTHIANS X MILLONARIOS
Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 27 de fevereiro de 2013, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Néstor Pitana (ARG)
Assistentes: Hernán Maidana (ARG) e Diego Bonfa (ARG)

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Renato Augusto e Danilo; Alexandre Pato e Guerrero
Técnico: Tite

MILLONARIOS: Luis Delgado; Lewis Ochoa, Pedro Franco, Ignacio Ithurralde (Anderson Zapata) e Jarold Martínez; Rafael Robayo, Elkin Blanco, Hárrison Otálvaro e Máyer Candelo; Wason Rentería e Fredy Montero
Técnico: Hernán Torres

*Com Gazeta



--------------

Corintiano assíduo na Libertadores já tentou assistir jogo sem torcida em 2005
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 27/02/2013 às 05:00:21

Bruno Winckler

Corinthians pagou punição em partida do Brasileirão e torcedor que "odeia jogo pela TV", tentou burlar a polícia, mas não conseguiu. Ele quer ir ao Pacaembu hoje para dar apoio

Os mais de 30 mil torcedores que já tinham ingresso para a assistir a Corinthians e Millonarios nesta quarta-feira pela Libertadores no Pacaembu terão de buscar outras formas para assistir ao jogo. Marcelo Garber é um deles. Presente em todos os jogos em São Paulo na campanha do título em 2012 e em outras quatro partidas como visitante, o professor de Educação Física de 45 anos não sabe o que fará. "Odeio ver jogo pela TV", conta.

Garber se recorda que em 2005, na campanha do tetracampeonato brasileiro do Corinthians, ele foi a Mogi Mirim, a 153km de São Paulo, para tentar assistir a Corinthians e Fluminense, partida da nona rodada do Brasileirão, disputado com portões fechados por conta de punições sofridas pelo clube paulista após o clássico contra o São Paulo, no Pacaembu, em que torcedores invadiram o campo durante a derrota sofrida por 5 a 1 para o rival. 

"Fui lá sem muita esperança, mas queria assistir o jogo. Tentei de tudo e até molhar a mão do guarda para deixar eu entrar. Mas não deu certo e acabei voltando para São Paulo sem ver o jogo. Mesmo assim valeu a pena", contou Garber. O Corinthians perdeu aquele jogo por 1 a 0. 

Nesta quarta-feira, pela primeira desde 2005, o Corinthians não poderá ter seu torcedor em uma partida como mandante. Em todas elas, não importa o campeonato, Garber esteve presente. Ele julga ser injusta a punição ao Corinthians e ainda vai decidir como vai assistir ao jogo.

"Às quartas-feiras eu só trabalho até as 15h. Até lá vou ver o que vou fazer. Eu penso em estar presente, pelo apoio ao Corinthians, posso ser uma voz coerente no meio de pessoas incoerentes", disse, que já foi membro de torcida organizada mas que agora tem seu maior elo com o clube no site "Coleção Corinthians", em que reúne vídeos, fotos e ingressos de jogos do clube.

Garber é um dos muitos corintianos que se sentiram lesados pela decisão da Conmebol. Seu argumento é que a punição deve ser individual e não coletiva. "Eu sou professor. Não acredito em punição coletiva porque ela isenta o verdadeira culpado da punição. Não é educativo, não ajuda e muitos pagam o preço. Eu não solto fogos, não brigo assim não posso ver meu time no estádio", disse. "A curtíssimo prazo pode ter efeito, mas no médio e longo não vai mudar nada".

O corintiano deixa o clubismo de lado e vislumbra, numa situação hipotética, em que Corinthians e São Paulo se enfrentem na final da competição. "Suponha que o jogo no Pacaembu não tenha torcida. É justo, por exemplo, o São Paulo ser campeão num estádio sem seus torcedores? A punição se estende a todos torcedores", opina. 

Veja fotos dos ingressos da Libertadores de 2012 que o torcedor guardou

Ingresso de Corinthians 2 x 0 Nacional, no  primeiro jogo em casa na Libertadores 2012

Ingresso de Corinthians 2 x 0 Nacional, no primeiro jogo em casa na Libertadores 2012

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Corinthians 1 x 0 Cruz Azul, o  segundo jogo da equipe como mandante em 2012

Ingresso de Corinthians 1 x 0 Cruz Azul, o segundo jogo da equipe como mandante em 2012

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Nacional 1 x 3 Corinthians, em  Ciudad del Este

Ingresso de Nacional 1 x 3 Corinthians, em Ciudad del Este

Foto: Arquivo pessoal

Bilhete de Corinthians x Táchira. Vitória por  6 a 0, no fechamento da fase de grupos

Bilhete de Corinthians x Táchira. Vitória por 6 a 0, no fechamento da fase de grupos

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso do jogo Corinthians 3 x 0 Emelec,  pelas oitavas de final

Ingresso do jogo Corinthians 3 x 0 Emelec, pelas oitavas de final

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso do jogo Vasco 0 x 0 Corinthians

Ingresso do jogo Vasco 0 x 0 Corinthians

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Corinthians 1 x 0 Vasco, pelas  quartas de final

Ingresso de Corinthians 1 x 0 Vasco, pelas quartas de final

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Santos 0 x 1 Corinthians, no jogo  de ida das semifinais

Ingresso de Santos 0 x 1 Corinthians, no jogo de ida das semifinais

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Corinthians 1 x 1 Santos, jogo da  volta das semifinais

Ingresso de Corinthians 1 x 1 Santos, jogo da volta das semifinais

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Boca Juniors 1 x 1 Corinthians,  na ida das finais

Ingresso de Boca Juniors 1 x 1 Corinthians, na ida das finais

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Corinthians 2 x 0 Boca Juniors, o  jogo do título

Ingresso de Corinthians 2 x 0 Boca Juniors, o jogo do título

Foto: Arquivo pessoal




--------------

Corintiano assíduo na Libertadores já tentou assistir jogo sem torcida em 2005
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 27/02/2013 às 05:00:21

Bruno Winckler

Corinthians pagou punição em partida do Brasileirão e torcedor que "odeia jogo pela TV", tentou burlar a polícia, mas não conseguiu. Ele quer ir ao Pacaembu hoje para dar apoio

Os mais de 30 mil torcedores que já tinham ingresso para a assistir a Corinthians e Millonarios nesta quarta-feira pela Libertadores no Pacaembu terão de buscar outras formas para assistir ao jogo. Marcelo Garber é um deles. Presente em todos os jogos em São Paulo na campanha do título em 2012 e em outras quatro partidas como visitante, o professor de Educação Física de 45 anos não sabe o que fará. "Odeio ver jogo pela TV", conta.

Garber se recorda que em 2005, na campanha do tetracampeonato brasileiro do Corinthians, ele foi a Mogi Mirim, a 153km de São Paulo, para tentar assistir a Corinthians e Fluminense, partida da nona rodada do Brasileirão, disputado com portões fechados por conta de punições sofridas pelo clube paulista após o clássico contra o São Paulo, no Pacaembu, em que torcedores invadiram o campo durante a derrota sofrida por 5 a 1 para o rival. 

"Fui lá sem muita esperança, mas queria assistir o jogo. Tentei de tudo e até molhar a mão do guarda para deixar eu entrar. Mas não deu certo e acabei voltando para São Paulo sem ver o jogo. Mesmo assim valeu a pena", contou Garber. O Corinthians perdeu aquele jogo por 1 a 0. 

Nesta quarta-feira, pela primeira desde 2005, o Corinthians não poderá ter seu torcedor em uma partida como mandante. Em todas elas, não importa o campeonato, Garber esteve presente. Ele julga ser injusta a punição ao Corinthians e ainda vai decidir como vai assistir ao jogo.

"Às quartas-feiras eu só trabalho até as 15h. Até lá vou ver o que vou fazer. Eu penso em estar presente, pelo apoio ao Corinthians, posso ser uma voz coerente no meio de pessoas incoerentes", disse, que já foi membro de torcida organizada mas que agora tem seu maior elo com o clube no site "Coleção Corinthians", em que reúne vídeos, fotos e ingressos de jogos do clube.

Garber é um dos muitos corintianos que se sentiram lesados pela decisão da Conmebol. Seu argumento é que a punição deve ser individual e não coletiva. "Eu sou professor. Não acredito em punição coletiva porque ela isenta o verdadeira culpado da punição. Não é educativo, não ajuda e muitos pagam o preço. Eu não solto fogos, não brigo assim não posso ver meu time no estádio", disse. "A curtíssimo prazo pode ter efeito, mas no médio e longo não vai mudar nada".

O corintiano deixa o clubismo de lado e vislumbra, numa situação hipotética, em que Corinthians e São Paulo se enfrentem na final da competição. "Suponha que o jogo no Pacaembu não tenha torcida. É justo, por exemplo, o São Paulo ser campeão num estádio sem seus torcedores? A punição se estende a todos torcedores", opina. 

Veja fotos dos ingressos da Libertadores de 2012 que o torcedor guardou

Ingresso de Corinthians 2 x 0 Nacional, no  primeiro jogo em casa na Libertadores 2012

Ingresso de Corinthians 2 x 0 Nacional, no primeiro jogo em casa na Libertadores 2012

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Corinthians 1 x 0 Cruz Azul, o  segundo jogo da equipe como mandante em 2012

Ingresso de Corinthians 1 x 0 Cruz Azul, o segundo jogo da equipe como mandante em 2012

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Nacional 1 x 3 Corinthians, em  Ciudad del Este

Ingresso de Nacional 1 x 3 Corinthians, em Ciudad del Este

Foto: Arquivo pessoal

Bilhete de Corinthians x Táchira. Vitória por  6 a 0, no fechamento da fase de grupos

Bilhete de Corinthians x Táchira. Vitória por 6 a 0, no fechamento da fase de grupos

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso do jogo Corinthians 3 x 0 Emelec,  pelas oitavas de final

Ingresso do jogo Corinthians 3 x 0 Emelec, pelas oitavas de final

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso do jogo Vasco 0 x 0 Corinthians

Ingresso do jogo Vasco 0 x 0 Corinthians

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Corinthians 1 x 0 Vasco, pelas  quartas de final

Ingresso de Corinthians 1 x 0 Vasco, pelas quartas de final

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Santos 0 x 1 Corinthians, no jogo  de ida das semifinais

Ingresso de Santos 0 x 1 Corinthians, no jogo de ida das semifinais

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Corinthians 1 x 1 Santos, jogo da  volta das semifinais

Ingresso de Corinthians 1 x 1 Santos, jogo da volta das semifinais

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Boca Juniors 1 x 1 Corinthians,  na ida das finais

Ingresso de Boca Juniors 1 x 1 Corinthians, na ida das finais

Foto: Arquivo pessoal

Ingresso de Corinthians 2 x 0 Boca Juniors, o  jogo do título

Ingresso de Corinthians 2 x 0 Boca Juniors, o jogo do título

Foto: Arquivo pessoal




--------------

Millonarios fará reconhecimento no Pacaembu nesta terça à noite - ExpressoMT
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 27/02/2013 às 04:29:01


Diário do Litoral

Millonarios fará reconhecimento no Pacaembu nesta terça à noite
ExpressoMT
Pacaembu vazio. O cenário que o Millonarios vai encontrar na partida de quarta-feira, contra o Corinthians, já será conhecido na véspera. Na noite desta terça, o técnico Hernán Torres vai comandar um reconhecimento do gramado, às 19h. Será a última ...
Cinco pontos que podem decidir Corinthians x MillonariosFox Sports
Lula defende sanção imposta ao Corinthians por morte de torcedorTerra Brasil
Corinthians joga contra Millonarios no Pacaembu e não contará ...Diário de Marília
Gazeta Esportiva -Umuarama Ilustrado -O POVO Online
todos os 133 artigos »


--------------

Millonarios fará reconhecimento no Pacaembu nesta terça à noite - ExpressoMT
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 27/02/2013 às 04:29:01


Diário do Litoral

Millonarios fará reconhecimento no Pacaembu nesta terça à noite
ExpressoMT
Pacaembu vazio. O cenário que o Millonarios vai encontrar na partida de quarta-feira, contra o Corinthians, já será conhecido na véspera. Na noite desta terça, o técnico Hernán Torres vai comandar um reconhecimento do gramado, às 19h. Será a última ...
Cinco pontos que podem decidir Corinthians x MillonariosFox Sports
Lula defende sanção imposta ao Corinthians por morte de torcedorTerra Brasil
Corinthians joga contra Millonarios no Pacaembu e não contará ...Diário de Marília
Gazeta Esportiva -Umuarama Ilustrado -O POVO Online
todos os 133 artigos »


--------------

Pistorius teria matado namorada ao descobrir que seria pai, diz revista
Fonte: Terra - Esporte
Horário da matéria: 27/02/2013 às 03:37:47

O paratleta Oscar Pistorius teria matado a namoradaenbsp;Reevaenbsp;Steenkamp em um ataque de feuacute;ria apeoacute;s a modelo ter revelado que estava greaacute;vida de um bebeecirc; seu. A informaeccedil;eatilde;o foi publicada pela revista americanaenbsp;

--------------

Brasília vence na prorrogação - Diário do Nordeste
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 27/02/2013 às 02:04:41


O POVO Online

Brasília vence na prorrogação
Diário do Nordeste
O novato nordestino no Novo Basquete Brasil (NBB), Sky/Basquete Cearense, não facilitou para o tricampeão Uniceub/Brasília, na noite de ontem, no Ginásio da Unifor. O time fortalezense vendeu caro a derrota para a equipe candanga. O triunfo do Brasília ...
Em noite de Nezinho, Brasília mantém boa fase e vence mais umaGazeta Esportiva
Com 40 pontos, armador Nezinho alcança marca recorde no NBBSuperesportes
De olho na classificação do NBB, Basquete Cearense recebe hoje o ...O POVO Online

todos os 8 artigos »


--------------

Brasília vence na prorrogação - Diário do Nordeste
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 27/02/2013 às 02:04:41


O POVO Online

Brasília vence na prorrogação
Diário do Nordeste
O novato nordestino no Novo Basquete Brasil (NBB), Sky/Basquete Cearense, não facilitou para o tricampeão Uniceub/Brasília, na noite de ontem, no Ginásio da Unifor. O time fortalezense vendeu caro a derrota para a equipe candanga. O triunfo do Brasília ...
Em noite de Nezinho, Brasília mantém boa fase e vence mais umaGazeta Esportiva
Com 40 pontos, armador Nezinho alcança marca recorde no NBBSuperesportes
De olho na classificação do NBB, Basquete Cearense recebe hoje o ...O POVO Online

todos os 8 artigos »


--------------

Benítez nega discussão áspera com jogadores do Chelsea após ... - Terra Brasil
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 26/02/2013 às 15:44:56


Superesportes

Benítez nega discussão áspera com jogadores do Chelsea após ...
Terra Brasil
O técnico do Chelsea, o espanhol Rafa Benítez, negou nesta terça-feira ter discutido mais asperamente com alguns jogadores durante o treino de ontem, como havia sido divulgado por parte da imprensa britânica. Em entrevista coletiva, Benítez afirmou que ...
Benítez desmente desentendimento com jogadores durante treinoGoal.com
Rafa Benítez e Terry discutem de forma áspera após derrota para o ...O POVO Online
Após derrota para City, Benítez e Terry brigam em treino do ChelseaFox Sports
A Bola -Futebol 365
todos os 16 artigos »


--------------

Pistorius fará cerimônia em memória de namorada morta - Diário do Grande ABC
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 26/02/2013 às 15:13:39


Clica Piauí

Pistorius fará cerimônia em memória de namorada morta
Diário do Grande ABC
Oscar Pistorius planeja realizar, ainda nesta terça-feira, uma cerimônia religiosa que servirá para prestar uma homenagem a Reeva Steenkamp, sua namorada de 29 anos morta no último dia 14, na casa do próprio astro paralímpico, que é acusado de ...
Oscar Pistorius realizará missa em homenagem a Reeva na noite ...Superesportes
Pistorius realiza cerimônia privada em memória da namorada mortaCorreio da Bahia
Em liberdade vigiada, Pistorius não pode beber e quer retomar ...R7
Reuters Brasil -Terra Brasil
todos os 32 artigos »


--------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário