Pesquisar este blog

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Notícias até 06-02-2013 às 07:03:06

Fabrício pode voltar a ser relacionado pelo São Paulo no sábado
Fonte: Terra - Esporte
Horário da matéria: 06/02/2013 às 06:10:34

O técnico Ney Franco avisou que planeja escalar a equipe reserva do São Paulo no sábado, contra o Guarani, já que poupará os titulares para a Copa Libertadores da América. Com isso, o confronto no Brinco de Ouro da Princesa deve marcar o retorno do volante Fabrício, que está recuperado de uma cirurgia no joelho esquerdo.

--------------

Ney prepara Cañete no ataque e planeja adaptação de Toloi na zaga - Terra Brasil
Fonte: Google - Esporte
Horário da matéria: 06/02/2013 às 05:17:36


Yahoo

Ney prepara Cañete no ataque e planeja adaptação de Toloi na zaga
Terra Brasil
Dois jogadores do São Paulo estão passando por mudanças em suas características táticas a pedido do técnico Ney Franco. Desde que chegou ao Tricolor, o treinador percebe que pode usar o meia Cañete como um atacante de velocidade e avalia ...
São Paulo renova contratos do zagueiro Rafael Toloi e do meia ...ESPN.Estadao
São Paulo define novos contratos de Toloi e CañeteAgência Tricolormania
Cañete e Toloi renovam seus contratos com o São PauloFutNet
Diário do Grande ABC -DM.com.br
todos os 11 artigos »


--------------

Ney prepara Cañete no ataque e planeja adaptação de Toloi na zaga
Fonte: Terra - Esporte
Horário da matéria: 06/02/2013 às 05:16:35

Dois jogadores do São Paulo estão passando por mudanças em suas características táticas a pedido do técnico Ney Franco. Desde que chegou ao Tricolor, o treinador percebe que pode usar o meia Cañete como um atacante de velocidade e avalia também a possibilidade de mudar o posicionamento de Rafael Toloi na defesa.

--------------

Marcos aposta em Fernando Prass como futuro ídolo e líder alviverde
Fonte: Terra - Esporte
Horário da matéria: 06/02/2013 às 05:04:35

A tarefa de suceder Marcos no gol palmeirense não é fácil. Escolhido para essa missão, Fernando Prass tem a aprovação do campeão da Copa do Mundo de 2002, que vê o ex vascaíno com potencial para ser um novo ídolo e uma das lideranças do Verdão nos próximos anos.

--------------

Reserva do "melhor do mundo", Rubinho cita festa na Juve por Mundial corintiano
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 06/02/2013 às 05:00:24

Luís Araújo

Em entrevista ao iG, goleiro demonstra manter viva relação com o clube que o revelou para o futebol, elogia Buffon e minimiza ausência nas partidas

No último dia 16 de dezembro, a Juventus recebeu a visita da Atalanta e venceu com facilidade pelo placar de 3 a 0. A vitória manteve a equipe com folga na liderança do Campeonato Italiano, mas não foi a única razão para o clima de festa entre jogadores e funcionários do clube naquela data. A alegria ficou ainda maior em função do que ocorreu no Japão poucas horas antes: o título mundial conquistado pelo Corinthians sobre o Chelsea.

É isso o que revela Rubinho, goleiro de 30 anos revelado pelo clube do Parque São Jorge e que integra o elenco da atual campeã italiana. "Todo mundo aqui sabe que vim de São Paulo e que comecei no Corinthians", disse o jogador, em entrevista ao iG. Até por isso, foi ele que os companheiros de Juventus foram procurar para repercutir o resultado da decisão do Mundial no Japão.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Naquele dia, um dos nossos seguranças estava acompanhando a final do Mundial. Quando chegamos ao estádio para o nosso jogo, ele veio me dizer que o meu time tinha acabado de ser campeão do mundo. Depois, o Buffon, o Pirlo e o nosso diretor esportivo também vieram comentar comigo sobre o resultado, que chamou a atenção até porque tínhamos enfrentado o Chelsea algumas semanas antes pela Liga dos Campeões. Foi muito legal. Isso mostra que o Corinthians está fazendo coisas ótimas e sendo reconhecido por quase todo mundo", contou.

Leia mais sobre futebol italiano no blog Tripletta

A vitória contra o Chelsea não é a única ação do Corinthians que despertou a atenção do elenco da Juventus recentemente. "Agora que o Pato chegou lá, me perguntam se o clube está mesmo com toda essa grana para fazer contratações", afirmou.

Lançado entre os profissionais do Corinthians em 2001, Rubinho se transferiu para o Hellas Verona, da Itália, três anos depois. Apesar de estar há quase uma década na Europa, procura manter viva a relação com o clube que o revelou.

" Visito os sites brasileiros e leio as notícias. Eu acompanho, mas também não ligo para Deus e o mundo para saber das coisas. Sou um torcedor mais tranquilo. O meu filho é corintiano. Ele nunca foi ao estádio, mas sabe cantar o hino e torce pelo time. Por isso que dizem que ninguém vira corintiano, já se nasce assim", declarou.

Reserva do "melhor do mundo" e aprendizado

Parte do elenco da Juventus desde a metade de 2012, Rubinho ainda não teve a oportunidade de sair do banco e entrar em campo na temporada. No clube de Turim, é a terceira opção para o gol, atrás dos italianos Marco Storari e Gianluigi Buffon - quem ele julga ser o melhor do mundo na posição.

"Cada dia ao lado dele é bom demais. Ele faz tudo muito bem feito, dificilmente erra algum movimento, mesmo nos treinos. E isso tudo é um aprendizado para mim. Tento aprender o conceito que ele tem do que é ser goleiro. Ele e o Storari têm muito bem definida essa ideia do que deve ser feito nos treinos para aplicar no jogo. É um privilégio estar aqui", afirmou.

Os elogios do brasileiro ao goleiro titular da Juventus e da seleção italiana se estendem para fora do gramado: "Ele é um cara simples, bem pés no chão. Tem consciência do que representa para a Itália e para todos os outros goleiros. Sabe que a melhor defesa e a pior falha serão analisadas e podem influenciar jovens jogadores da posição. Ainda assim, é muito acessível. Brinca e conversa com todo mundo. É uma pessoa incrível. Não à toa é o melhor do mundo."

O fato de não ter feito uma partida sequer pela equipe não frustra Rubinho. Ele reconhece que já esperava que isso fosse acontecer quando aceitou se juntar à Juventus. "Meu trabalho é feito por trás das cortinas, buscando ajudar meus companheiros a fazer bons treinos. E devo fazer com que o Buffon e o Storari fiquem tranquilos se um dia eu precisar jogar. A figura do terceiro goleiro é importante. Eu sabia desde o início que não ia jogar, mas que poderia ajudar o time", finalizou.



--------------

Internacional visita o Lajeadense para manter a boa fase no Gauchão
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 06/02/2013 às 05:00:24

iG São Paulo

Time vem embalado por vitória sobre o Grêmio na última rodada, mas terá pela frente o líder da sua chave na Taça Piratini

Confirmar o bom começo de ano: eis a missão do Internacional nesta quarta-feira, em Lajeado. A parada será dura: o Lajeadense é líder de sua chave na Taça Piratini, está invicto e ainda não perdeu para a dupla Gre-Nal desde que retornou à elite do futebol gaúcho, em 2011. Foram quatro jogos contra os dois grandes desde então, com uma vitória e três empates.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Depois da vitória sobre o time reserva do Grêmio no último domingo, o técnico Dunga procura manter o embalo no Colorado. A equipe que atuará no Estádio Alviazul será provavelmente a titular, com o inevitável desfalque de Forlán, convocado pela seleção uruguaia. Só não jogará quem demonstrar cansaço após os dois jogos da última semana, contra Novo Hamburgo e Grêmio.

Nesta terça, o treinador confirmou que Gilberto ocupará a vaga deixada por Forlán. Seu provável companheiro será Leandro Damião. De resto, a equipe será a mesma que venceu o clássico. Gabriel segue na lateral direta, Ronaldo Alves permanece como titular na zaga e Willians será o único volante do meio, com Fred, Dátolo e D?Alessandro atuando como meias.

A boa colocação no Grupo B da Taça Piratini mantém o Internacional entre os classificados mesmo que a equipe perca para o Lajeadense nesta quarta. No entanto, com 8 pontos em 12 disputados, o Colorado não tem como ultrapassar o líder São José, que tem 12, nesta rodada. O Zequinha pega o Grêmio, no Olímpico.

O Lajeadense tem campanha quase idêntica ao Inter: 8 pontos em 4 jogos, superando o time da capital no saldo de gols: 3 contra 2. A equipe lidera o Grupo A, com campanha idêntica à do Caxias. No sábado, arrancou uma ótima vitória por 1 a 0 sobre o Esportivo, fora de casa. O nome mais conhecido do elenco é o goleiro Eduardo Martini, ex-Grêmio, Juventude e Avaí.

A curiosidade que envolve o time de Lajeado é a apresentação do chinês Yang Feng, de 19 anos, ocorrida na manhã desta terça. O conterrâneo do corintiano Zizao tem passagem por seleções de base e atuava no FC Shangxi Rehne. No entanto, Feng ainda não tem condições legais de estrear nesta quarta, contra o Colorado.

Confira as partidas da 6ª rodada da Taça Piratini:

Quarta-feira, 6 de fevereiro:
17 horas - Caxias x Esportivo
17 horas - Cruzeiro x Juventude
19 horas - Passo Fundo x Santa Cruz
19h30 - Grêmio x São José
20 horas - Pelotas x Veranópolis
20 horas - Novo Hamburgo x Canoas
20h30 - Cerâmica x São Luiz
22 horas - Lajeadense x Internacional

FICHA TÉCNICA - LAJEADENSE X INTERNACIONAL
Local: Estádio Alviazul, em Lajeado (RS) 
Data: 6 de fevereiro de 2013, quarta-feira 
Horário: 22 horas (de Brasília) 
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima 
Assistentes: José Javel Silveira e Alexandre Kleiniche

LAJEADENSE: Eduardo Martini; Márcio Gabriel, Micael, Gabriel e Márcio Goiano; Rudiero, Reinaldo, Ramon e Rennan; Jandson e Rafael Aidar
Técnico: Flávio Campos

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Ronaldo Alves e Fabrício; Willians, Fred, D?Alessandro e Dátolo; Gilberto e Leandro Damião
Técnico: Dunga

*Com Gazeta



--------------

Sem Neymar, Santos defende liderança do Paulista contra o surpreendente Linense
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 06/02/2013 às 05:00:24

iG São Paulo

Além do atacante, time da Vila Belmiro não contará com o volante Arouca e com o meia Montillo. Todos são desfalques por causa de amistosos de suas seleções

Líder do Campeonato Paulista, o Santos volta a campo diante do Linense, nesta quarta-feira, a partir das 19h30 (horário de Brasília), no Estádio Gilberto Siqueira Lopes. Mas para esse compromisso, válido pela sexta rodada do Paulistão, o time irá desfalcado de três peças importantes no time titular: o volante Arouca, o meia Montillo e o atacante Neymar.

Arouca e Neymar estão com a seleção brasileira para o amistoso contra a Inglaterra, nesta quarta, em Londres. Já o argentino Montillo também não poderá atuar, pois está a serviço da Argentina, que enfrenta a Suécia, em amistoso que também será realizado nesta quarta, em Estocolmo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com esses desfalques, o técnico Muricy Ramalho será obrigado a mexer na equipe que vinha atuando. Alan Santos, com a saída de Adriano para o Grêmio, ocupará a vaga deixada por Arouca. No lugar de Montillo, Felipe Anderson será escalado. Já no lugar da Joia santista, André terá nova chance, formando dupla de ataque com Miralles.

"Será um jogo bastante difícil. Primeiro, pela qualidade do Linense, que é uma equipe forte jogando dentro de casa. Eles vêm somando pontos como mandantes e estão fazendo uma boa campanha. Além disso, nós temos três desfalques importantes. A tendência é que o nosso ritmo caia um pouco. Agora, vamos fazer o possível para isso que não aconteça. É uma tendência que tenhamos mais dificuldades, mas pode ser que a nossa equipe até se apresente melhor", analisou o zagueiro Neto, que segue como titular na zaga.

O meia Cícero, que em virtude de uma febre chegou a ser dúvida para o clássico contra o São Paulo, vencido pelo Santos no último domingo, na Vila Belmiro, será avaliado pela comissão técnica do Peixe para saber se não apresenta nenhum problema muscular que o impeça de estar em campo nesta quarta. A princípio, o jogador é dúvida. Caso Cícero não reúna condições de atuar, Patito Rodriguez deve substituí-lo.

Do outro lado, o Linense tenta se aproximar dos santistas, líderes da competição. Para esse importante desafio, o técnico Bruno Quadros deverá contar com força máxima e espera que, jogando em casa, o apoio da torcida ajude os seus comandados em busca de mais uma vitória.

A boa campanha do Elefante da Noroeste faz o time ir confiante para o duelo com os alvinegros, mas sem deixar o respeito pelo adversário de lado. "Será um jogo difícil, mas estamos há três jogos sem tomar um gol. Estamos jogando bem e queremos continuar assim. Vamos tentar pontuar contra o Santos", disse o atacante Fausto.

FICHA TÉCNICA - LINENSE X SANTOS
Local: Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins (SP)
Data: 6 de fevereiro de 2013 (quarta-feira) 
Horário: 19h30 (horário de Brasília) 
Árbitro: Adriano de Assis Miranda 
Assistentes: Fausto Augusto Viana Moretti e Risser Jarussi Corrêa

LINENSE: Leandro Santos; Pacheco, Perone, Álvaro e Tarracha; Elias, Leandro Brasília, Gilsinho e Lenilson; Thiaguinho e Fausto
Técnico: Bruno Quadros

SANTOS: Rafael; Bruno Peres, Neto, Durval e Guilherme Santos; Renê Júnior, Alan Santos, Cícero (Patito Rodriguez) e Felipe Anderson; Miralles e André
Técnico: Muricy Ramalho

*com Gazeta



--------------

Flamengo pega Friburguense tentando encaminhar classificação no Carioca
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 06/02/2013 às 05:00:24

iG São Paulo

Time de Dorival Júnior venceu os últimos três jogos, sendo o mais recente por 1 a 0 contra o Nova Iguaçu, e lidera o Grupo B com 13 pontos

O Flamengo visita o Friburguense nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ), pela sexta rodada da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, disposto a obter um triunfo e encaminhar a classificação para as semifinais.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O time de Dorival Júnior venceu os últimos três jogos, sendo o mais recente por 1 a 0 contra o Nova Iguaçu, e lidera o Grupo B com 13 pontos. Já a equipe de Nova Friburgo, que vem de derrota por 1 a 0 para o Boavista, está em quarto no Grupo A, com sete pontos.

O técnico do Flamengo, lembrou aos seus jogadores que vale à pena um esforço maior para se buscar a vitória nesta quarta e ficar em situação tranquila. "Será complicado porque estamos enfrentando uma rotina de jogos muito cansativa para um começo de temporada. Foi um clássico na semana passada e uma partida muito desgastante no domingo. Mas vamos procurar fazer de tudo para conseguirmos a vitória diante do Friburguense, pois isso vai nos deixar em uma situação muito favorável para atingirmos o primeiro objetivo da temporada que é a classificação para as semifinais", disse.

Em termos de escalação, sem muito tempo para treinar a equipe, Dorival vai manter a base que derrotou o Nova Iguaçu, mas mesmo assim serás obrigado a mexer em duas posições. O zagueiro chileno Marcos González e o volante Víctor Cáceres, convocados pelas suas respectivas seleções para disputar amistosos internacionais, ficam de fora. Assim, Renato Santos formará a dupla de zaga com Wallace, enquanto que Amaral herda a vaga no meio-de-campo.

Pelo lado do Friburguense, o técnico Gerson Andreotti trabalha para que sua equipe reencontre o rumo das vitórias, pois após vencer nas duas últimas rodadas, o time vem caindo de produção. Para ele o duelo diante dos flamenguistas pode ser uma boa oportunidade de recuperação na Taça Guanabara.

"Nós estamos sofrendo um pouco o desgaste das viagens, mas meus jogadores sabem que temos o mais importante, que é a confiança no nosso trabalho. Dificilmente nós jogamos mal e por isso acreditamos que a partida contra o Flamengo pode ser uma bela oportunidade para reagirmos na competição. Trabalhamos muito para este torneio e agora sabems exatamente o que precisamos fazer dentro de campo", analisou o treinador do Friburguense.

Para este compromisso Andreotti não poderá contar com o volante Lucas, expulso contra o Boavista. Victor Hugo deverá ser o substituto, porém a escalação só deverá ser divulgada minutos antes do confronto.

FICHA TÉCNICA - FRIBURGUENSE X FLAMENGO
Local: Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ)
Data: 6 de fevereiro de 2012 (Quarta-feira)
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo de Miranda (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa (RJ) e Ediney Mascarenhas (RJ)

FRIBURGUENSE: Adilson; Sergio Gomes, Cadão, Diego Guerra e Flavinho; Bidu, Victor Hugo, Marcelo e Jorge Luiz; Ziquinha e Romulo
Técnico:Gerson Andreotti.

FLAMENGO: Felipe; Leonardo Moura, Wallace, Renato Santos e João Paulo; Amaral, Ibson e Elias; Nixon, Rafinha e Hernane.
Técnico: Dorival Júnior

*Com Gazeta



--------------

Pato estreia como titular, e Corinthians tenta manter embalo em Ribeirão Preto
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 06/02/2013 às 05:00:24

iG São Paulo

Time vem de duas vitórias no Campeonato Paulista desde que passou a escalar os principais jogadores e terá atacante desde o início do jogo contra o Botafogo-SP

Em um palco no qual os corintianos vibraram muito com outro camisa 7, Alexandre Pato fará a sua estreia como titular do time. No mesmo estádio Santa Cruz em que Marcelinho liderou a conquista do Paulista de 1995 em cima do arquirrival Palmeiras, o Corinthians tentará manter o bom momento construído nos últimos jogos.

Em duas partidas desde que os titulares começaram a atuar, foram duas vitórias. Na última, um massacre contra o Oeste, houve dois gols do artilheiro Paolo Guerrero e um do estreante Pato, que substituirá nesta quarta-feira o peruano, a serviço de sua seleção.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Na tentativa de sustentar o embalo, a partir das 22h, o campeão mundial terá outros desfalques. Paulinho também está com sua seleção, a brasileira, e três jogadores ficarão fora do confronto porque acusam um desgaste de início de temporada - e há outro jogo, contra o São Caetano, já no sábado.

Alessandro, Paulo André, Paulinho e Danilo darão lugar a Edenílson, Felipe, Guilherme e Douglas, respectivamente. Mas Tite, que ficou muito satisfeito com o desempenho do time no último final de semana, não espera uma queda de rendimento por conta disso.

O adversário promete oferecer mais resistência do que o Oeste. O Botafogo não perde há três rodadas, tem os mesmos dez pontos do Corinthians na tabela de classificação do Estadual e vê como objetivo real a classificação às quartas de final.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO X CORINTHIANS
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Data: 6 de fevereiro de 2013, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior

BOTAFOGO: Rafael Santos; César Gaúcho, Igor e Alex; Daniel, Gilmak, Henrique Mattos, Otacílio Neto e Douglas Packer; Francis e Nunes
Técnico: Marcelo Veiga

CORINTHIANS: Danilo Fernandes; Edenílson, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf e Guilherme; Jorge Henrique, Douglas e Emerson; Alexandre Pato
Técnico: Tite

*Com Gazeta



--------------

Felipão usa frustração de veteranos para motivar nova geração em sua reestreia
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 06/02/2013 às 05:00:24

Bruno Winckler

Ronaldinho, derrotado em 2006, e Julio Cesar e Luís Fabiano, presentes no fiasco de 2010, conduzem nova seleção brasileira em amistoso contra a Inglaterra, o primeiro do ano

Felipão comanda o único treino antes de  amistoso contra a Inglaterra

Felipão comanda o único treino antes de amistoso contra a Inglaterra

Foto: Mowa Press

Felipão durante treino da seleção brasileira  em Londres, antes do seu primeiro jogo da sua  segunda passagem pelo time da CBF

Felipão durante treino da seleção brasileira em Londres, antes do seu primeiro jogo da sua segunda passagem pelo time da CBF

Foto: Mowa Press

Felipão comanda treino da seleção em Londres,  antes de amistoso contra a Inglaterra

Felipão comanda treino da seleção em Londres, antes de amistoso contra a Inglaterra

Foto: Mowa Press

Diego Alves perdeu o posto de titular depois  da volta de Julio Cesar ao gol brasileiro

Diego Alves perdeu o posto de titular depois da volta de Julio Cesar ao gol brasileiro

Foto: Mowa Press

Julio Cesar voltou à seleção após um ano e  será o titular de Felipão

Julio Cesar voltou à seleção após um ano e será o titular de Felipão

Foto: Mowa Press

Neymar durante da seleção brasileira em  Londres. O Brasil enfrenta a Inglaterra em Wembley  nesta quarta-feira

Neymar durante da seleção brasileira em Londres. O Brasil enfrenta a Inglaterra em Wembley nesta quarta-feira

Foto: Mowa Press

Ronaldinho Gaúcho tem total confiança de  Felipão para ser um dos líderes da seleção até a  Copa

Ronaldinho Gaúcho tem total confiança de Felipão para ser um dos líderes da seleção até a Copa

Foto: Mowa Press

Oscar continua sendo titular da seleção de  Felipão, como era com Mano Menezes

Oscar continua sendo titular da seleção de Felipão, como era com Mano Menezes

Foto: Mowa Press

David Luiz esteve fora dos últimos jogos do  Chelsea por lesão, mas inicia o ano como titular  da seleçaão

David Luiz esteve fora dos últimos jogos do Chelsea por lesão, mas inicia o ano como titular da seleçaão

Foto: Mowa Press

Paulinho e Fred em lance de treino da seleção  em Londres. O corintiano será titular e o atacante  do Fluminense ficará na reserva de Luis Fabiano

Paulinho e Fred em lance de treino da seleção em Londres. O corintiano será titular e o atacante do Fluminense ficará na reserva de Luis Fabiano

Foto: Mowa Press

Filipe Luis, Ramires e Adriano em ação  durante treino da seleção brasileira em Londres

Filipe Luis, Ramires e Adriano em ação durante treino da seleção brasileira em Londres

Foto: Mowa Press

A primeira amostra do que significou a mudança de comando da seleção brasileira poderá ser vista nesta quarta-feira, a partir das 17h30, em Londres, onde o Brasil de Luiz Felipe Scolari vai encarar a Inglaterra, no primeiro compromisso do ano e o também o primeiro após a saída de Mano Menezes.

Para este jogo - e para a sequência do trabalho até a Copa de 2014 - a aposta de Felipão é usar a experiência e a frustração de grandes nomes da seleção brasileira nas últimas Copas para conduzir e motivar mais ainda a talentosa jovem geração que ganhou corpo nas mãos de Mano Menezes.

Ronaldinho e Julio Cesar, convocados, mas depois esquecidos pelo antecessor de Felipão, foram ícones da frustração que se seguiu após as eliminações nas Copas de 2006 e 2010, respectivamente. É nesta experiência, agregada à boa fase de nomes como Oscar, Neymar, Paulinho e Ramires, que o técnico aposta na montagem do time que estará em campo daqui a pouco mais de um ano na abertura da Copa do Mundo em São Paulo. 

Felipão faz bem em resgatar jogadores experientes para a seleção? Opine!

"O Ronaldinho é um jogador que tem 32 anos, mas é um atleta que no ano passado fez um campeonato espetacular pelo Atlético-MG e foi líder daquele grupo. Tem liderança e capacidade para jogar alguns anos. Ele vai me mostrar se estou certo ou errado a medida que for se integrando à equipe", disse Felipão em coletiva de imprensa na véspera do jogo.

A boa relação construída com Ronaldinho na Copa de 2002, quando ele foi importante na conquista do último título mundial do Brasil, ajuda Felipão a confiar nele como um dos líderes desta nova seleção. 

O técnico pôde realizar apenas um treino antes da partida que marca seu retorno. Nele, confirmou que Julio Cesar será seu titular. ?É uma posição que não está definida. É uma nova oportunidade, estou bastante confiante. Ter jogado mais de 60 jogos pela seleção e ter trabalhado com Felipão e Parreira me fortalece?, disse o goleiro do Queens Park Rangers, lanterna do Campeonato Inglês. 

Desde que deixou a Inter de Milão, no final da última temporada europeia, o goleiro afirma que pode ser útil à seleção e que espera apagar a má impressão deixada em 2010, quando falhou na derrota por 2 a 1 para a Holanda, nas quartas de final, a última do Brasil naquele Mundial. 

"Sempre procurei trabalhar para voltar, nunca pensei que meu ciclo tivesse acabado", disse. Essa motivação de alguém já sofreu com uma derrota em Copa é para Felipão um ingrediente importante nas conversas de vestiário com os jovens astros que partem para seu primeiro mundial. 

Entre os titulares que iniciam o amistoso contra a Inglaterra, seis nunca jogaram uma Copa: David Luiz, Dante, Adriano, Paulinho, Oscar e Neymar. Todos eles (à exceção de Dante) vinham sendo chamados regularmente por Mano Menezes. Felipão não pretende fazer grandes mudanças, ao menos por agora, na base da equipe que vinha sendo convocado por seu antecessor. Mas quer contar com atletas com bagagem em Copas para facilitar seu trabalho. 

FICHA TÉCNICA - INGLATERRA x BRASIL
Local: Estádio de Wembley, em Londres, na Inglaterra
Horário: 17h30 (de Brasília)

Inglaterra: Hart; Johnson, Cahill, Jagielka e Cole; Milner, Cleverley, Gerrard e Wilshere; Rooney e Walcott. Técnico: Roy Hodgson

Brasil: Julio Cesar; Daniel Alves, David Luiz, Dante e Adriano; Ramires, Paulinho, Oscar e Ronaldinho Gaúcho; Neymar e Luís Fabiano. Técnico: Luiz Felipe Scolari



--------------

Torcidas apelidam jogadores com nomes de astros estrangeiros. Veja galeria
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 06/02/2013 às 05:00:24

iG São Paulo

Chicharito Hernani, Cristiano Osvaldo, Dedéckenbauer, Petr Cássio, Lionel Marlos, Zidanilo... Torcedores brasileiros abusam da criatividade para homenagear atletas

Chicharito Hernane: em boa fase no Flamengo,  Hernane caiu nas graças da torcida, que o chama  assim por causa do atacante mexicano Chicharito  Hernandez, do Manchester United

Chicharito Hernane: em boa fase no Flamengo, Hernane caiu nas graças da torcida, que o chama assim por causa do atacante mexicano Chicharito Hernandez, do Manchester United

Foto: Vipcomm

Drogbinha: torcida do Flamengo já tinha feito  algo parecido com Diego Maurício, aproveitando a  semelhança entre o atacante e o marfinense Didier  Drogba

Drogbinha: torcida do Flamengo já tinha feito algo parecido com Diego Maurício, aproveitando a semelhança entre o atacante e o marfinense Didier Drogba

Foto: Vipcomm

Dedeckenbauer: torcida do Vasco usa nome do  ex-defensor alemão Franz Beckenbauer para fazer  trocadilho com o do zagueiro Dedé

Dedeckenbauer: torcida do Vasco usa nome do ex-defensor alemão Franz Beckenbauer para fazer trocadilho com o do zagueiro Dedé

Foto: Divulgação

Blackenbauer: As boas atuações no Corinthians  fizeram com que Jucilei também ganhasse apelido em  homenagem ao ex-defensor alemão

Blackenbauer: As boas atuações no Corinthians fizeram com que Jucilei também ganhasse apelido em homenagem ao ex-defensor alemão

Foto: Gazeta Press

Zidanilo: hoje no Corinthians, meia é chamado  pelo apelido que lembra o ex-meia francês Zidane  desde os tempos em que atuava no São Paulo

Zidanilo: hoje no Corinthians, meia é chamado pelo apelido que lembra o ex-meia francês Zidane desde os tempos em que atuava no São Paulo

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Petr Cássio: antes mesmo da final do Mundial,  goleiro Cássio ganhou apelido da torcida  corintiana em homenagem a Petr Cech, goleiro do  Chelsea

Petr Cássio: antes mesmo da final do Mundial, goleiro Cássio ganhou apelido da torcida corintiana em homenagem a Petr Cech, goleiro do Chelsea

Foto: Alan Morici / Ag. O Dia

Van der Prass: vascaínos lembravam do  ex-goleiro holandês van der Sar para fazer  trocadilho com goleiro Fernando Prass, que hoje  está no Palmeiras

Van der Prass: vascaínos lembravam do ex-goleiro holandês van der Sar para fazer trocadilho com goleiro Fernando Prass, que hoje está no Palmeiras

Foto: Gazeta Press

Lionel Marlos: no auge da empolgação, torcida  do São Paulo aproveitou a semelhança entre os  nomes par aassociar o meia Marlos a Messi

Lionel Marlos: no auge da empolgação, torcida do São Paulo aproveitou a semelhança entre os nomes par aassociar o meia Marlos a Messi

Foto: Gazeta Press

Cristiano Osvaldo: o mesmo acontece na  torcida hoje em dia com o atacante Osvaldo,  associado ao atacante português Cristiano Ronaldo

Cristiano Osvaldo: o mesmo acontece na torcida hoje em dia com o atacante Osvaldo, associado ao atacante português Cristiano Ronaldo

Foto: Gazeta Press

Thierry Henrique: apesar de não ter empolgado  no São Paulo, Henrique, que hoje está no Botafogo,  ganhou o apelido em homenagem ao francês Thierry  Henry

Thierry Henrique: apesar de não ter empolgado no São Paulo, Henrique, que hoje está no Botafogo, ganhou o apelido em homenagem ao francês Thierry Henry

Foto: Vipcomm

Tiuí Henry: ex-atacante do Fluminense e do  Santos também tinha apelido em homenagem ao  atacante francês

Tiuí Henry: ex-atacante do Fluminense e do Santos também tinha apelido em homenagem ao atacante francês

Foto: Photocamera

Ananiesta: Hoje no Cruzeiro, Ananias ganhou o  apelido quando atuava no time da Portuguesa que  ficou conhecido como 'Barcelusa'

Ananiesta: Hoje no Cruzeiro, Ananias ganhou o apelido quando atuava no time da Portuguesa que ficou conhecido como 'Barcelusa'

Foto: Gazeta Press




--------------

Com titulares, Grêmio enfrenta o líder do Gauchão no Olímpico
Fonte: IG Futebol
Horário da matéria: 06/02/2013 às 05:00:24

iG São Paulo

Nas quatro primeiras rodadas do campeonato, time atuou com reservas e juniores e somou apenas três pontos

O time titular do Grêmio, enfim, fará a sua estreia no Campeonato Gaúcho. Nos quatro primeiros jogos, atuando com reservas e juniores, perdeu três vezes e ganhou apenas uma. Nesta quarta-feira, o time principal encara o São José no Olímpico, no último jogo antes da estreia na fase de grupos da Libertadores.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Grêmio prioriza a competição continental. Nos três primeiros jogos, atuou com reservas por estar com o grupo principal focado na primeira fase da Libertadores, na qual equipe eliminou a LDU nos pênaltis. No Gre-Nal do último domingo, os titulares foram poupados para evitar lesões por desgaste físico. Agora, para mais ritmo de jogo e a recuperação na tabela do campeonato, eles estão confirmados para o jogo desta quarta.

Mesmo assim, o técnico Vanderlei Luxemburgo não terá a equipe completa. O goleiro Dida e o atacante Kléber, lesionados, seguem fora do time. Na zaga, Cris já está recuperado de lesão muscular, mas o temor de que o problema se agrave o deixará de fora novamente. Na frente, Vargas e Marcelo Moreno foram convocados pelas seleções de Chile e Bolívia, respectivamente, e não atuarão também.

Quem deve voltar a iniciar um jogo como titular, após nove meses fora desta condição, é o argentino Bertoglio. Depois de um longo período intercalando lesões, o atacante deverá formar dupla com André Lima nesta quarta. Na zaga, Saimon permanece na equipe ao lado de Werley, que não atuou na pré-Libertadores devido a uma suspensão.

Com apenas três pontos conquistados em 12 disputados, o Grêmio ocupa o penúltimo lugar do Grupo A. Hoje, a equipe não só estaria fora da zona de classificação para as quartas de final da Taça Piratini como estaria rebaixada para a segunda divisão do estadual. "Estamos priorizando a Libertadores. Não tivemos pré-temporada, e agora estamos preparando o time fisicamente. Eu peço que o torcedor compreenda", disse o presidente Fábio Koff, em entrevista à Rádio Bandeirantes, após a derrota por 2 a 1 no Gre-Nal do último domingo.

Outro motivo para o Grêmio escalar o que tem de melhor nesta quarta é o adversário. Com quatro vitórias, o São José tem a melhor campanha do Campeonato Gaúcho, mantendo-se como o único time com 100% de aproveitamento até agora. No último domingo, o Zequinha tirou a invencibilidade do Passo Fundo, ganhando por 1 a 0, no Estádio Passo d?Areia.

A partida desta quarta pode ser a penúltima da história do Olímpico, mas isso ainda não é definitivo. O Grêmio utiliza seu velho estádio enquanto o gramado da Arena ainda busca estar em perfeitas condições. Ao menos mais um jogo está marcado para a casa do bairro Azenha: dia 13, contra o Santa Cruz-RS.

Taça Piratini - 6ª rodada

Quarta, 06/02
17h - Caxias x Esportivo
17h - Cruzeiro x Juventude
19h - Passo Fundo x Santa Cruz
19h30 - Grêmio x São José
20h - Pelotas x Veranópolis
20h - Novo Hamburgo x Canoas
20h30 - Cerâmica x São Luiz
22h - Lajeadense x Internacional

FICHA TÉCNICA - GRÊMIO X SÃO JOSÉ
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 6 de fevereiro de 2013, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: André Cieslak
Assistentes: José Eduardo Calza e Maurício Coelho Silva Penna

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Saimon e Alex Telles; Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto; Bertoglio e André Lima
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

SÃO JOSÉ: Victor; Tiago Matos, Gustavo, Douglas e Éverton; Willian Paulista, Bruno Martins, Hugo e Luizinho; Henrique e Lucas Gaúcho
Técnico: Agenor Piccinin

*Com Gazeta



--------------

Para Marquinhos, não é hora do Coxa disparar no Paranaense
Fonte: Parana Online
Horário da matéria: 06/02/2013 às 00:03:00

Marco André Lima

Marquinhos Santos (centro): hoje o plano é poupar Alex.

Líder do Campeonato Paranaense, o Coritiba recebe o Nacional hoje, às 22h, no Couto Pereira, com a missão de se manter no topo da tabela. Com 11 pontos, o Coxa está à frente do Paraná Clube apenas pelos critérios disciplinares - nenhum jogador foi expulso contra dois do rival. Entretanto, a preocupação maior dentro do Alviverde não é com a primeira colocação. Pelo menos é o que diz o técnico Marquinhos Santos. Para ele, o principal é não atropelar o planejamento. “Futebol só tem uma verdade, que é a vitória. Mas não adianta pensarmos no agora. Se o planejamento fosse a conquista do Paranaense, poderíamos até estar com mais pontos à frente dos adversários, ter feito algumas goleadas. Mas o nosso pensamento não é o agora. É difícil para o torcedor entender isso, mas tudo faz parte de um planejamento”, explicou o treinador.

Por isso, mais uma vez a equipe sofrerá alterações. Em relação à escalação que iniciou o clássico de domingo passado, serão três novidades. O volante Willian e os meio-campistas Alex e Rafinha - este com uma lesão no tornozelo direito - darão lugar a Júnior Urso, Lincoln e Arthur, respectivamente. Eram mudanças já previstas pelo comandante coxa-branca, que ainda não está preocupado com o entrosamento. “Poderíamos colocar já os 11 titulares, ter um entrosamento e estarmos bem. Mas e lá na frente? Se acontece de perdermos um jogador, quem for entrar pode estar atrás dos demais no sentido de preparação. Correríamos um risco se tivéssemos que colocar Alex, Willian e todos os outros, exigindo o máximo para buscar a liderança. Alcançamos a primeira fase do nosso planejamento, então está tudo controlado”, ressaltou.

Mesmo assim, Marquinhos já tem como objetivo ajustar o time na questão tática. De acordo com o técnico, as primeiras rodadas foram traçadas para os atletas ganharem ritmo, correndo atrás dos adversários e da bola. A partir de agora, a história é diferente. “Estamos mexendo no meio para compactar a equipe. É o momento para isto. Fizemos cinco jogos soltos, com espaço, fazendo correr atrás do adversário, visando a preparação física. A partir de agora vamos ajustar o time taticamente, principalmente no meio-campo”, afirmou o treinador, que acredita que até o final do primeiro turno já estará com quase todo o time definido. “Nós vamos entrar no segundo turno já com 80% da equipe e depois do Estadual vamos estar com o time titular definido”, completou.

 



--------------

Hoje, time Tricolor quer mais que a liderança moral
Fonte: Parana Online
Horário da matéria: 06/02/2013 às 00:02:00

Marco André Lima

Ricardo Conceição, volta; Néverton (atrás) cumpre suspensão.

Nunca neste século o Paraná Clube largou tão forte como na atual temporada. Bem no campo das estatísticas, a cada rodada o Tricolor dá mostras que entra no palco das disputas determinado a alcançar seus objetivos no Campeonato Paranaense. A partida de hoje à noite, contra o Operário, em Ponta Grossa, representa mais uma oportunidade para a equipe mostrar que não está a passeio no Estadual. O duelo será contra um adversário que, a exemplo do time paranista, também segue invicto na competição. Os números da campanha Tricolor até aqui no campeonato se equivalem aos do líder Coritiba, mas com uma diferença, além do critério disciplinar: no aspecto evolução do trabalho, o Paraná teve atuações mais convincentes que o rival e, nesse sentido, não seria exagero falar que desponta como o líder moral do primeiro turno.

O técnico Toninho Cecílio credita o bom desempenho até aqui à estratégia traçada para o início de temporada. Mas o que ele quer mesmo é a liderança na pontuação. Para isso, uma vitória hoje se faz fundamental. “Optamos por uma estratégia de já começar com o que temos de melhor, encarar todos os jogos como uma decisão, desde a primeira rodada. Isso tá claro na forma como a equipe joga, e com isso estou bastante satisfeito. Agora, se o resultado vai vir ou não a gente tem que esperar, com calma, obedecer a ordem natural das coisas, trabalhar duro jogo a jogo, degrau por degrau, e ver o que vai acontecer no campeonato. Acho que campeão moral não é uma coisa que a gente busca, a gente busca ser o campeão do primeiro turno, campeão jogando, com maior pontuação, é o que estamos buscando”, afirma.

O técnico faz mistério quanto à formação que entra em campo no estádio Germano Krüger, a ponto de o último treinamento antes do compromisso com o Fantasma, realizado ontem pela manhã, ter sido fechado à imprensa. Tudo faz parte da estratégia para o confronto, que ganha ares de final, segundo Toninho Cecílio. “É mais uma decisão, e a gente vai ter um cuidado muito grande nessa partida. O Operário é uma equipe qualificada e muito forte em Ponta Grossa, e que também precisa vencer. Então vai ser um jogo pegado.”, analisa.

Do time que empatou com o Coritiba no domingo passado, a tendência é que as mudanças ocorram somente nas posições onde há problemas com cartões. Lúcio Flávio e Néverton cumprem suspensão automática e ficam de fora. Sem Reinaldo no ataque, Paulo Renê segue no time, assim como o meio-campo Rubinho. Quem retorna é o volante Ricardo Conceição.

 



--------------

Contra o Paranavaí, hoje, o Ventania não pode perder
Fonte: Parana Online
Horário da matéria: 06/02/2013 às 00:01:00

Allan Costa Pinto

Arthur Bernardes: tendência é manter a mesma equipe.

Depois de conseguir a primeira vitória no Campeonato Paranaense, o Atlético tenta hoje, às 16h30, no Ecoestádio, diante do Paranavaí, emplacar uma sequência de bons resultados no Estadual. Mais do que os três pontos, que podem credenciar o time atleticano a subir até para a quarta colocação, a partida poderá ser o divisor de águas para o Ventania dentro da competição. Afinal, mais um insucesso dentro de casa fará com que a jovem equipe comandada por Arthur Bernardes possa ficar novamente ameaçada pela zona de rebaixamento.

Isto porque, depois de enfrentar o Paranavaí, o time atleticano terá adversários que estão brigando na parte de cima da tabela. Em sequência, o Expressinho do Atlético vai encarar dois jogos fora de casa, contra Londrina e Arapongas. Depois, o Ventania pega o J. Malucelli e vai ao Couto Pereira para encarar o clássico contra o Coritiba. Na última rodada, recebe o Operário, em Curitiba.

Para tentar emplacar a segunda vitória consecutiva no Paranaense e fazer de vez as pazes com o exigente torcedor atleticano, o técnico Arthur Bernardes espera contar com força máxima para enfrentar o Vermelhinho. Isto por que, o meia-atacante Pablo, depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo na última rodada, está à disposição para enfrentar o ACP.

Se voltar naturalmente ao time, pode sobrar para o atacante Douglas Coutinho, que diante do Cianorte não repetiu a boa atuação que teve contra o Toledo e que lhe rendeu a titularidade na última rodada. Com isso, segue indefinido o companheiro do atacante Tiago Adan no setor ofensivo do time atleticano. A tendência é de que o treinador atleticano não mude o time que iniciou o jogo na rodada anterior.

 



--------------

Toninho Cecílio está obcecado pelo turno do Paraná Clube
Fonte: Parana Online
Horário da matéria: 06/02/2013 às 00:00:00

O trabalho realizado pelo Paraná Clube até aqui é satisfatório, mas ainda longe do ideal. A afirmação partiu do técnico Toninho Cecílio, após o treinamento de ontem. Rodada a rodada, o objetivo do comandante paranista é claro, e direto: ele não só quer, como está obcecado pelo título do primeiro turno. Mas nessa trajetória, prevê dificuldades. “Eu quero ganhar esse primeiro turno de qualquer maneira, eu tô obcecado por isso. O grupo está totalmente focado e com o mesmo pensamento, pois é o título que move a carreira de um jogador. Então a gente tem que se entregar de corpo e alma. Só que isso não garante que vamos conseguir, porque tem qualidade e comprometimento nos adversários também. A coisa não é fácil. É uma conjunção de fatores que influenciam uma campanha”, destaca.

Dos adversários em questão, o que mais assusta é justamente o líder Coritiba. O treinador destaca a qualidade do rival, com quem projeta uma disputa até a última rodada do turno, mas garante que sua equipe tem condições de se superar e levar a melhor. “A qualidade do Coritiba é inquestionável, mas acho que a liderança vai ser disputada até a última rodada desse primeiro turno”, finaliza.



--------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário